Indústria Produção industrial com variação homóloga negativa há seis meses seguidos

Produção industrial com variação homóloga negativa há seis meses seguidos

Os dados do INE mostram que a produção industrial caiu em Outubro em termos homólogos, o que representa a sexta queda seguida. Em termos de variação mensal, a produção da indústria lusa recuou pelo segundo mês.
Produção industrial com variação homóloga negativa há seis meses seguidos
Paulo Duarte
David Santiago 30 de novembro de 2018 às 11:36

O índice de produção industrial registou uma queda de 0,3% em Outubro comparativamente com igual período do ano passado, isto depois de também em Setembro já ter apresentado uma variação homóloga negativa de igual valor.


De acordo com os dados divulgados esta sexta-feira, 30 de Novembro, pelo Instituto Nacional de Estatística (INE), a produção industrial cai há seis meses consecutivos. O último crescimento em termos homólogos foi registado em Abril (+4,4%).


Por segmentos, o agrupamento de bens intermédios (caiu 2,5% em termos homólogos) foi o que mais contribuiu para a variação negativa do conjunto da produção industrial.


Em sentido inverso e a impedir um pior comportamento do índice total de produção industrial esteve o agrupamento de bens de consumo que em Outubro teve um aumento homólogo de 1,5%, isto depois da queda homóloga de 2,7% que havia sido registada em Setembro.


Também no que diz respeito à variação mensal, o índice de produção industrial caiu 0,9% em Outubro relativamente a Setembro. Ainda assim, é somente a segunda queda da produção industrial se for tida em conta a evolução mensal.


Neste caso foi o agrupamento de energia que mais influenciou a evolução negativa da produção do sector industrial em termos mensais, já que apresentou uma quebra de 11,2% em Outubro face ao mês anterior.




pub

Marketing Automation certified by E-GOI