Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Queda da inflação na Zona Euro pressiona BCE

O aumento do índice de preços no consumidor abrandou para 0,3% em Setembro, colocando mais pressão no Banco Central Europeu para avançar com mais medidas para contrariar os receios de deflação.

Bloomberg
Negócios 30 de Setembro de 2014 às 10:21
  • Assine já 1€/1 mês
  • 7
  • ...

A inflação na Zona Euro recuou em Setembro para 0,3%, menos uma décima do que no mês anterior e em linha com as estimativas dos economistas consultados pela Bloomberg.

 

Os números, esta terça-feira divulgados pelo Eurostat, colocam mais pressão sobre o Banco Central Europeu para avançar com mais medidas não convencionais. A autoridade monetária reúne-se esta quinta-feira e o seu presidente, Mário Draghi, tem dado sinais que pode avançar com mais medidas, devido às preocupações com a baixa inflação e crescimento económico fraco.

 

Perante os eurodeputados numa reunião que teve lugar a 22 de Setembro, Draghi avançou que o BCE permanece "completamente determinado" a impulsionar a inflação, que está abaixo da meta da autoridade monetária desde 2013.   

 

A economia europeia tem dados vários sinais de fraca evolução, com os índices de confiança em queda e a maior economia da região, a Alemanha, a sofrer uma subida do desemprego e queda no sector industrial.

 

A pressionar a evolução do índice de preços no consumidor esteve sobretudo a energia, com os preços desta categoria a recuarem 2,4% em Setembro face ao período homólogo. A inflação "core", que exclui alimentos e energia, baixou de 0,9% em Agosto para 0,7% em Setembro.   

 

A inflação baixa "é um sinal evidente da fraqueza na actividade económica na Zona Euro", comentou à Bloomberg  o economista alemão Christopher Matthies.  

Ver comentários
Saber mais inflação Eurostat Zona Euro Banco Central Europeu
Outras Notícias