Conjuntura Zona Euro: Portugal registou o défice mais alto no quarto trimestre de 2015

Zona Euro: Portugal registou o défice mais alto no quarto trimestre de 2015

Segundo os dados divulgados esta sexta-feira, 22 de Abril, pelo Eurostat, o défice da zona Euro agravou-se no final do ano passado. Em Portugal, sem as ajudas à banca, o défice do ano ficaria em 2,8%, mas o Banif estragou as contas finais.
Zona Euro: Portugal registou o défice mais alto no quarto trimestre de 2015
Miguel Baltazar
Negócios 22 de abril de 2016 às 10:25

A zona euro registou um défice de 2,3% do PIB no último trimestre de 2015, um agravamento face aos 1,8% contabilizados no trimestre anterior, revelam os dados divulgados pelo organismo de estatísticas da União Europeia.  Comparando com o período homólogo do ano anterior, verifica-se uma melhoria, já que o défice do 4º trimestre de 2014 foi de 2,8% em toda a zona do euro.

 

Em Portugal, o último trimestre do ano foi desastroso, com o défice a chegar aos 9,3%, o maior da zona euro. A justificação é conhecida e tem a ver com a intervenção no sector da banca, sobretudo no caso Banif, que fez com que o défice orçamental não ajustado do conjunto do ano ficasse nos 4,4%, tal como ontem divulgou também o Eurostat. Sem isso, o défice português teria sido de 2,8%, abaixo da linha dos 3%.

No ranking dos piores resultados no último trimestre de 2015 surgem o Reino Unido, com um défice de 4,0%, e a Eslováquia, com 3,1%. Com excedentes surgem cinco estados, com a Suécia na dianteira, com 0,6% do PIB, depois a Estónia, com 0,5%, a República Checa, com 0,2%, e a Alemanha e a Letónia, ambas com um excedente de 0,1% do PIB.

Olhando para os números registados pelos 28 países da União Europeia, o défice público foi de 2,4% do PIB, revela também o Eurostat. Pior também do que no terceiro trimestre do ano, em que ficara nos 2,2%. Entre Outubro e Dezembro de 2014 as contas assinalaram um défice de 3% do PIB no total da UE.

Já a receita pública, em percentagem do PIB, dos países do euro, registou um ligeiro aumento no último trimestre, em comparação com o anterior, fixando-se nos 49%, em comparação com 48,4% entre Julho e Setembro. No total dos 28 países da UE a receita foi de 45,4% do PIB, também acima dos 45% do trimestre anterior. Contudo, a despesa também subiu e subiu mais, para 47,8%, em comparação com 47,3% no trimestre anterior. 


(notícia actualizada às 10:45 com mais informação)




pub

Marketing Automation certified by E-GOI