Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Covid-19: Islândia vai testar quem chegar ao país

A Islândia anunciou esta terça-feira que prevê oferecer aos viajantes que cheguem a partir de 15 de junho próximo ao seu único aeroporto internacional, em Keflavik, um teste ao novo coronavírus para que possam evitar uma quarentena de 14 dias.

D.R.
Lusa 12 de Maio de 2020 às 23:07
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
A Islândia, que parece ter contido a pandemia de Covid-19 e que testou mais de 15% da população, um recorde, registou até hoje 1.801 casos de coronavírus (apenas três este mês) e 10 mortes.

A medida, segundo o Governo islandês, permitirá evitar constrangimentos aos viajantes, sejam turistas ou não, sendo o teste gratuito uma vez que, consideram as autoridades locais, os passageiros irão assumir, de uma forma ou de outra, os custos.

Os viajantes poderão regressar às suas residências no país ou, no caso de turistas, ao hotel, mesmo que o resultado, conhecido no mesmo dia, seja positivo, mas terão de cumprir uma quarentena de 14 dias.

Terão também de instalar uma aplicação móvel no telemóvel de modo a que possa ser conhecida a sua localização, instrumento já utilizado por cerca de 40% dos islandeses, segundo o Governo.

Os viajantes poderão não efetuar o teste caso tenham um certificado médico a atestar que o resultado de anteriores testes foi negativo.

Até hoje, a Islândia testou 54.791 dos seus cerca de 364.000 habitantes.

Desde 24 de abril passado que quem chega à Islândia é colocado em quarentena, tal como acontece desde fevereiro com os próprios islandeses e os residentes em zonas de alto risco.

A nível global, segundo um balanço da agência de notícias AFP, a pandemia de covid-19 já provocou mais de 286 mil mortos e infetou mais de 4,1 milhões de pessoas em 195 países e territórios. 

Mais de 1,4 milhões de doentes foram considerados curados.
Ver comentários
Saber mais Covid-19 Islândia
Outras Notícias