Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Covid-19: Mais de metade dos jovens e todos os idosos com vacinação completa

A 'task force' que coordena a logística da vacinação estima atingir na última semana deste mês a meta de 85% da população portuguesa com a vacinação completa.

EPA
Lusa 14 de Setembro de 2021 às 22:02
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
Mais de metade dos jovens entre os 12 e os 17 anos e todos os idosos acima dos 65 anos já têm vacinação completa contra a covid-19, anunciou hoje a Direção-Geral da Saúde (DGS).

Segundo o relatório semanal da vacinação, 52% dos jovens dos 12 aos 17 anos (320.708) já completaram a vacinação -- na semana anterior eram 25% - e 84% (525.426) receberam pelo menos uma dose.

Os dados da DGS indicam que 80% da população portuguesa, o equivalente a mais de 8,2 milhões de pessoas, já concluiu o processo de vacinação contra o vírus SARS-CoV-2 e 85%, mais de 8,8 milhões, já tem a primeira dose da vacina.

A 'task force' que coordena a logística da vacinação estima atingir na última semana deste mês a meta de 85% da população portuguesa com a vacinação completa.

Pela primeira vez, o relatório da vacinação avança que 100% dos idosos dos grupos etários dos 65 a 79 anos e dos mais de 80 anos já estão totalmente vacinados, o que representa um total de mais de 2,3 milhões de pessoas.

Também pela primeira vez três regiões - Norte, Centro e Alentejo - ultrapassaram os 80% de vacinação completa, seguidas de perto pela Madeira (79%), por Lisboa e Vale do Tejo (78%) e pelos Açores (77%).

O Algarve é a região do país com uma cobertura vacinal da população residente mais baixa, estando agora com uma taxa de vacinação completa de 73%, referem os dados da DGS.

Desde o início da vacinação, em 27 de dezembro de 2020, o país recebeu um total de 18,5 milhões de vacinas, tendo sido distribuídas pelos centros de vacinação de Portugal continental e pelas regiões autónomas 15,5 milhões de doses.

Em Portugal, desde março de 2020, morreram 17.872 pessoas e foram contabilizados 1.057.100 casos de infeção confirmados, segundo dados da DGS.

A doença respiratória é provocada pelo coronavírus SARS-CoV-2, detetado no final de 2019 em Wuhan, cidade do centro da China, e atualmente com variantes identificadas em países como o Reino Unido, Índia, África do Sul, Brasil ou Peru.


Ver comentários
Saber mais Covid-19 DGS Direção-Geral da Saúde SARS-CoV-2 Portugal saúde
Outras Notícias