Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Covid-19: Reino Unido mantém Portugal na lista dos "corredores aéreos"

O Reino Unido não alterou a lista de países de origem isentos de obrigatoriedade de quarentena para os viajantes. Apesar do aumento de casos de covid-19 na última quinzena, Portugal continua de fora da "lista negra".

DR
Pedro Curvelo pedrocurvelo@negocios.pt 03 de Setembro de 2020 às 17:23
  • Assine já 1€/1 mês
  • 3
  • ...
Os viajantes oriundos de Portugal continuam dispensados da quarentena de 14 dias à chegada ao Reino Unido, anunciou esta quinta-feira o governo britânico.

Apesar do aumento de novos casos registados em Portugal nas duas últimas semanas, Londres optou por manter o país entre os destinos considerados seguros.

O anúncio foi feito pelo secretário de Estado dos Transportes do Governo britânico, Grant Shapps, através do Twitter.



Portugal deixou de integrar a lista de países de onde os passageiros eram forçados a cumprir quarentena apenas a 22 de agosto. 

Logo após o levantamento dessa restrição, o número de turistas britânicos a viajarem para Portugal disparou, em particular para o Algarve.

Contudo, o aumento no número de novas infeções pelo coronavírus levou a notícias na imprensa britânica de que Portugal seria novamente colocado na "lista negra" esta quinta-feira.

Segundo a BBC, os receios de que isso ocorresse levou a que os voos da easyJet de Faro para os aeroportos britânicos esgotassem na quarta, quinta e sexta-feira, enquanto a British Airways praticava preços consideravelmente mais elevados no voo de quinta-feira de Faro para Heathrow.
Ver comentários
Saber mais Covid-19 Portugal Reino Unido corredores aéreos quarentena
Outras Notícias