Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Covid-19: Tratamento de 5 dias da Gilead vai custar 2.340 dólares

A Gilead Sciences informou que vai cobrar ao governo dos Estados Unidos e de outros países desenvolvidos 390 dólares por frasco de remdesivir para o combate ao coronavírus, ou 2.340 dólares por um tratamento típico de cinco dias.

Bloomberg 29 de Junho de 2020 às 15:46
  • Assine já 1€/1 mês
  • 8
  • ...

Na segunda-feira, a Gilead disse em comunicado que apresentará esse preço aos países desenvolvidos de forma a criar um modelo de preço único para evitar a necessidade de negociações país a país que possam desacelerar o acesso.

"Queríamos garantir que nada impedisse o remdesivir de chegar aos pacientes", disse o CEO da Gilead, Daniel O’Day, em entrevista. O preço "garantirá que todos pacientes no mundo inteiro tenham acesso a este medicamento".

O preço de 390 dólares por frasco aplica-se a entidades governamentais. Quando a oferta for ampliada e a Gilead começar a vender o medicamento nos canais de distribuição normais, o preço de tabela para companhias de seguros privadas e outros clientes comerciais nos EUA será de 520 dólares por frasco, ou 3.120 dólares por um tratamento de cinco dias.

O remdesivir é um dos primeiros medicamentos amplamente utilizados contra a covid-19. O medicamento recebeu autorização de uso de emergência do regulador dos EUA, em maio, depois de um extenso estudo ter revelado que o fármaco acelerou a recuperação em cerca de quatro dias de pacientes hospitalizados.

Há centenas de tratamentos e vacinas em desenvolvimento em todo o mundo, numa verdadeira corrida para travar a pandemia que infetou mais de 10 milhões de pessoas e matou mais de 500 mil.

A Gilead defende que o remdesivir poderá poupar 12 mil dólares por paciente ao permitir que as pessoas recebam alta dos hospitais mais rapidamente. Mas a empresa decidiu por um preço mais baixo para garantir que todos países desenvolvidos possam pagar.

Equilíbrio

Algumas estimativas apontam que o remdesivir seria rentável com um preço até aos 4.500 dólares por cinco dias de tratamento. Outras organizações, como o grupo de direitos do consumidor Public Citizen, disseram que o medicamento deveria custar apenas 1 dólar por dia, com base em cálculos de que poderia ser fabricado em escala por farmacêuticas de medicamentos genéricos por esse valor.

Na entrevista, O’Day disse que 1 dólar por dia "não era um preço realista".

O’Day explica que determinar o preço do medicamento foi um ato de equilíbrio. Por um lado, a pandemia avança e não há cura. Por outro, a empresa é uma entidade com fins lucrativos que fez um enorme investimento na produção de grandes quantidades do medicamento rapidamente, além de desenvolver novas versões mais fáceis de administrar.

Ver comentários
Saber mais Covid-19 Gilead EUA Daniel O’Day
Outras Notícias