Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Portugal com mais 15 mortes e 673 casos de covid. Incidência de casos baixa e R(t) sobe marginalmente

O número de casos de covid-19 em Portugal cifrou-se em 673 nas últimas 24 horas. Foram registados mais 15 óbitos com covid-19 no país. A incidência baixou para 90,3 casos por 100 mil habitantes enquanto o índice de transmissibilidade subiu marginalmente para 0,84. Com estes dados, Portugal mantém-se no "quadrado verde" que permite prosseguir o desconfinamento.

Anton Vaganov/Reuters
Pedro Curvelo pedrocurvelo@negocios.pt 17 de Março de 2021 às 13:54
  • Assine já 1€/1 mês
  • 3
  • ...

Nas últimas 24 horas foram registados em Portugal mais 673 casos de pessoas infetadas pela covid-19, segundo os dados revelados esta quarta-feira, 17 de março, pela Direção Geral de Saúde (DGS). 

No que respeita aos óbitos relacionados com o vírus, foram registadas mais 15 vítimas mortais.

Para efeitos da matriz definida pelo Governo para acompanhar o processo de desconfinamento, a incidência baixou, sendo agora de 90,3 casos por 100 mil habitantes em 14 dias (79,1 casos considerando apenas Portugal Continental) enquanto o R(t) subiu marginalmente, passando de 0,83 para 0,84 (de 0,79 para 0,80 no Continente). Assim, Portugal continua com uma folga confortável no "quadrado verde", que permite prosseguir com o calendário definido para o desconfinamento. Para sair do verde é necessário que a incidência supere os 120 casos ou que o R(t) supere 1.



Os números de hoje traduzem uma subida de 4,8% face aos 642 casos reportados na quarta-feira passada. Em termos da média móvel a sete dias, um indicador menos volátil, regista-se um decréscimo de 31,9%

Nos óbitos, as 15 mortes reportadas elevam o total desde o início da pandemia para 16.722.A média móvel a sete dias de óbitos caiu para 15, o menor valor desde 20 de outubro, com o número de vítimas mortais a ser inferior a 20 pelo sétimo dia consecutivo.

Com os números conhecidos esta quarta-feira, a média diária de novos casos dos últimos sete dias subiu para 517. 

Nos últimos 14 dias, Portugal acumulou 87 novos casos por 100 mil habitantes, tendo por base a estimativa de população mais recente do Instituto Nacional de Estatística (INE). Este indicador, muito utilizado internacionalmente para medir a propagação do vírus e critério determinado pelo Governo para considerar os concelhos em risco, mantém-se abaixo do limite definido de 120 casos por 100 mil habitantes definido pelo Governo para o plano de desconfinamento e está no menor valor desde 23 de setembro










Casos ativos caem há 45 dias e estão em mínimo de cinco meses

O relatório da DGS mostra 1.058 pacientes dados como recuperados, elevando o total de recuperações para 764.019. 

Assim, os casos ativos, que são calculados subtraindo ao total de casos confirmados os doentes recuperados e os óbitos, baixaram em 400, para 34.829, menor número desde 14 de outubro. Esta foi a 45.ª queda diária consecutiva no número de casos ativos. Face ao máximo de casos ativos, registado a 29 de janeiro, há agora menos 146.982 portugueses infetados.

Internamentos abaixo dos 900 e em mínimo desde 11 de outubro 

No diz respeito aos números nos hospitais, as notícias são positivas. Estão agora internados menos 99 pacientes em Portugal, que colocam o total em 856, o menor valor desde 11 de outubro. Face ao máximo de 6.869, registado a 1 de fevereiro, a descida é já de 6.013.

No que respeita aos casos mais graves, de doentes internados em unidades de cuidados intensivos, a descida de 8 doentes, coloca o total de pacientes internados em UCI nos 205, mínimo desde 23 de outubro e 33.º dia consecutivo de descida. Face ao pico de 904 doentes em UCI, a 5 de fevereiro, a redução é de 699.


Norte com mais um caso do que Lisboa e Vale do Tejo

Dos novos casos identificados no país, 246 foram registados no Norte, o que representa 37% do total nacional.

Dos restantes novos casos, 245 ocorreram em Lisboa e Vale do Tejo (LVT), 84 no Centro, 45 na Madeira, 27 no Alentejo, 13 nos Açores e 13 no Algarve.

No que respeita aos óbitos, foram registados 10 em LVT, 66,6% do total. Dos restantes óbitos, 3 ocorreram no Norte, 1 no Centro e 1 no Algarve. Alentejo, Algarve, Açores e Madeira não registaram qualquer vítima mortal. 

Desde o início da pandemia, o Norte totaliza 328.939 casos, seguindo-se Lisboa e Vale do Tejo com 308.963, o Centro com 116.389, o Alentejo com 28.799, o Algarve com 20.350. Na Madeira foram registados 8.218 contágios e nos Açores 3.912.

Já nas vítimas mortais, Lisboa e Vale do Tejo soma 7.055 óbitos, o Norte regista 5.284 e o Centro 2.977. No Alentejo as mortes ascendem a 965, enquanto no Algarve são 349, na Madeira são 64 e nos Açores 28.



 

 

 





Ver comentários
Saber mais boletim diário DGS coronavírus covid-19
Outras Notícias