Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Portugal com mais 553 casos e 4 mortes por covid. Incidência e R(t) baixam

Nas últimas 24 horas, Portugal registou 553 novos casos de infeção pelo coronavírus e mais 4 óbitos relacionados com a covid-19. A incidência desceu para 71,6 casos por 100 mil habitantes e o índice de transmissibilidade caiu para 1,05.

Alexandre Azevedo
Nuno Carregueiro nc@negocios.pt 16 de Abril de 2021 às 14:04
  • Assine já 1€/1 mês
  • 1
  • ...
Nas últimas 24 horas foram registados em Portugal mais 553 casos de pessoas infetadas pela covid-19, segundo os dados revelados esta sexta-feira, 16 de abril, pela Direção Geral de Saúde (DGS). 

No que respeita aos óbitos relacionados com o vírus, foram registadas mais 4 vítimas mortais.

Para efeitos da matriz definida pelo Governo para acompanhar o processo de desconfinamento, a incidência desceu, sendo agora de 71,6 por 100 mil habitantes em 14 dias (68 casos considerando apenas Portugal Continental). Na quarta-feira os valores eram de 72,4 e 69, respetivamente, pelo que a evolução é positiva.

No que diz respeito ao índice de transmissibilidade, o R(t) em Portugal Continental desceu de 1,05 para 1,04 e a nível nacional desceu de 1,06 para 1,05. Portugal vai entrar na segunda-feira na terceira fase de desconfinamento, sendo que apenas nos 10 concelhos de nível de risco elevado haverá uma pausa ou marcha atrás.

Nos óbitos, as 4 mortes são o dobro das de ontem mas metade das reportadas na quarta-feira. Desde o início da pandemia faleceram 16.937 pessoas em Portugal com covid-19.

Com os números conhecidos esta sexta-feira, a média diária de novos casos dos últimos sete dias desceu para 512, o número mais baixo em sete dias.

Nos últimos 14 dias, Portugal acumulou 68 novos casos por 100 mil habitantes, tendo por base a estimativa de população mais recente do Instituto Nacional de Estatística (INE). Este indicador, muito utilizado internacionalmente para medir a propagação do vírus e critério determinado pelo Governo para considerar os concelhos em risco, supera metade do limite de 120 casos por 100 mil habitantes definido pelo Governo para o plano de desconfinamento.

Doentes graves e casos ativos descem para mínimos de setembro

O relatório da DGS mostra 596 pacientes dados como recuperados, elevando o total de recuperações para 787.607. 

Assim, os casos ativos, que são calculados subtraindo ao total de casos confirmados os doentes recuperados e os óbitos, desceram em 47, para 25.367, o que representa um novo mínimo desde 26 de setembro.

No diz respeito aos números nos hospitais, as notícias também são mistas. Estão agora internados mais 6 pacientes em Portugal, que colocam o total em 429.

No que respeita aos casos mais graves, de doentes internados em unidades de cuidados intensivos (UCI), há menos oito doentes, colocando o total de pacientes internados em UCI nos 101, o que tal como nos casos ativos representa o nível mais reduzido desde 29 de setembro.



Norte com mais casos

Dos novos casos identificados no país, 228 foram registados no Norte, o que representa 41% do total nacional. Este é o quinto dia consecutivo em que o Norte é a região com mais novos infetados.

Dos restantes novos casos, 182 ocorreram em Lisboa e Vale do Tejo (LVT), o que representa 33% do total, 32 no Centro, 23 no Algarve, 25 no Alentejo, 25 na Madeira e 38 nos Açores.



Ver comentários
Saber mais boletim dgs
Outras Notícias