Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Portugal com mais 6.489 casos e 61 mortes devido à covid-19

Portugal registou 6.489 novas infeções pelo coronavírus nas últimas 24 horas. Nesse período há também mais 61 óbitos a lamentar. Os números melhoraram face a ontem, mas nos internamentos foi atingido um novo máximo.

Reuters
  • Assine já 1€/1 mês
  • 7
  • ...
O número de pessoas infetadas pela covid-19 em Portugal aumentou em 6.489, para um total de 249.498, de acordo com os dados revelados esta sexta-feira, 20 de novembro, pela Direção Geral da Saúde (DGS). 

Quanto às mortes relacionadas com o novo coronavírus, aumentaram em 61 nas últimas 24 horas, elevando o total de óbitos desde o início da pandemia para 3.762

O número de óbitos desceu pelo quarto dia consecutivo depois de ter atingido um máximo diário a 16 de novembro (91). Ainda assim a média de sete dias está nos 73 óbitos.

 

Também o número de casos aliviou face ao recorde de quase 7 mil casos ontem anunciado. A média diária de novos casos dos últimos sete dias baixou para 5.780, ligeiramente abaixo do recorde de 5.783 de ontem.

Nos últimos 14 dias Portugal acumulou 760 novos casos por 100 mil habitantes. Este indicador, muito utilizado internacionalmente para medir a propagação do vírus e critério determinado pelo Governo para considerar os concelhos em risco, atingiu um novo recorde e supera largamente o limite definido de 240 casos por 100 mil habitantes. 

O número de doentes recuperados aumentou em 5.076, para um total de 163.000, enquanto os casos ativos, que são calculados subtraindo ao total de casos confirmados os doentes recuperados e os óbitos, subiram em 1.352. Os casos ativos são agora 82.726.

Internamentos regressam a recorde

 

O número de internados devido à covid-19 aumentou em 62 para um total de 3.079 pacientes, mais do que anulando a descida de ontem, dia em que se registou a maior redução diária desde 2 de junho.

O número de internados atingiu assim um novo recorde, sendo este um dos indicadores que mais preocupa as autoridades pois demonstra a a elevada pressão sobre o Serviço Nacional de Saúde.   


Já no que respeita aos casos mais graves, de internamentos em unidades de cuidados intensivos, são agora 481, o que representa um novo recorde e um aumento de 23 face a ontem. 

Casos descem no Norte e sobem em LVT 

Tal como tem vindo a suceder, a maioria dos novos casos reportados localizam-se na região Norte, que soma mais 3.630 novos casos, 56% dos contágios no país nas últimas 24 horas, que elevam o total da região para 128.202.

 

Lisboa e Vale do Tejo conta agora com 86.605 casos, mais 1.805 do que ontem, o que significa que foi responsável por 28% das novas infeções. 

Ainda assim em LVT assistiu-se a um aumento de casos, enquanto no Norte desceram face ao reportado ontem. Dos restantes novos casos, 799 foram no Centro, 135 no Alentejo, 90 no Algarve, 29 nos Açores e 1 na Madeira. 

Quanto aos óbitos, a maioria foi no Norte, com 33. Seguem-se Lisboa e Vale do Tejo, com 15, o Centro, com 12 e o Algarve com 1. No Alentejo, Madeira e Açores não há novas vítimas mortais a lamentar.

 


(notícia em atualização)
Ver comentários
Saber mais DGS Portugal mortos coronavírus covid-19 recuperados internamentos ativos
Outras Notícias