Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Vendas a retalho na Europa tropeçam quase 20% em abril

Em Portugal, a descida em cadeia registada em abril foi superior à da média do continente.

Ana Batalha Oliveira anabatalha@negocios.pt 04 de Junho de 2020 às 10:59
  • Assine já 1€/1 mês
  • 2
  • ...

As medidas de contenção que foram adotadas pelos países europeus, na sequência da pandemia de covid-19, tiveram um efeito notório no retalho. Tanto em março como em abril as vendas deram um tropeção de mais de 11% e, chegadas a abril, caíram quase 20% em relação aos números do ano anterior.

O volume de vendas desceu 11,7% na Zona Euro e 11,1% na União Europeia em abril, comparando a março de 2020, um mês no qual já se tinham verificado quedas de 11,1% e 10,1%, respetivamente. Já colocando o abril deste ano lado a lado com o abril de 2019, a quebra é de 19,6% na Zona Euro e de 18% no bloco europeu.
Estes dados foram publicados esta quinta-feira, 4 de junho, no site do gabinete de estatística europeu, o Eurostat.

Em Portugal, a descida em cadeia registada foi superior à da média do continente: em abril a descida foi de 17,5%, quando em março já havia sido de 11,8%. Numa comparação homóloga, abril de 2020 ficou 22% abaixo do mês equivalente.

França, Espanha, Malta e Luxemburgo foram os países mais castigados, com deslizes de 31,1%, 29,8%, 24,8% e 24,7%, respetivamente, quando comparando o quarto mês deste ano e do anterior.

O grande travão, de ano para ano, registou-se nos combustíveis automóveis, cujas vendas recuaram 46,9% na Zona Euro, e 33,6% no que toca a bens não-alimentares. A contrariar, itens como a comida, bebida e tabaco aumentaram 2,5%.

Ver comentários
Saber mais Europa Zona Euro economia negócios e finanças macroeconomia indústria e produtos químicos
Outras Notícias