Economia  Governo quer dar apoio a empresas que garantam igualdade de género

Governo quer dar apoio a empresas que garantam igualdade de género

A ideia foi apresentada em concertação social pelo ministro Pedro Mota Soares, que no entanto ainda não revelou quais os valores em causa.
 Governo quer dar apoio a empresas que garantam igualdade de género
Miguel Baltazar/Negócios
Catarina Almeida Pereira 14 de janeiro de 2015 às 13:55

O Governo quer criar um apoio para as empresas que promovam nos seus quadros a igualdade de género, através de incentivos à contratação, segundo explicaram parceiros sociais e Governo à saída da concertação social. O valor não foi, no entanto, revelado.

 

É uma medida de promoção da igualdade de género que actualiza um regime de 2000 que tem neste momento pouca execução, segundo explicou o ministro Pedro Mota Soares. "É uma medida importante para garantir mais facilmente a igualdade de género no mercado de trabalho em Portugal", disse o ministro.

 

Questionado sobre qual o valor em causa, Mota Soares respondeu que é uma medida "para determinados sectores", pelo que "não é possível fazer essa quantificação".

 

De acordo com Arménio Carlos, está em causa um "apoio financeiro" para contratar mulheres e homens de diferentes profissões. O secretário-geral da CGTP, considerou um "desplante" que o Governo apresente um apoio à promoção da igualdade de género, que está consagrada por lei. 

 

A UGT teve uma posição diferente. "Deve ser cumprido o que está estabelecido em termos legais", mas como isso nem sempre acontece, "um reforço é sempre importante", referiu Lucinda Dâmaso, da UGT. 




pub

Marketing Automation certified by E-GOI