Economia Passos Coelho: "O nosso objectivo não é criar um modelo assente em salários baixos"

Passos Coelho: "O nosso objectivo não é criar um modelo assente em salários baixos"

O modelo de desenvolvimento que defende para o País "não está assente em salários baixos", garante Passos Coelho. Para o primeiro-ministro o ajustamento que foi feito "é já bastante intenso". Agora é o tempo do investimento.
A carregar o vídeo ...

Passos Coelho admite, em entrevista ao Negócios, as divergências com o Fundo Monetário Internacional, nomeadamente no que diz respeito à descida de salários no sector privado. 

 

"O nosso objectivo não é, com certeza, criar um modelo de desenvolvimento assente em salários baixos no futuro", disse ao Negócios. O ajustamento realizado é para ele "bastante intenso" e não vê razões para que "precise de ser aprofundado". 

 

Agora, sublinha, o que precisamos é de investimento. 

 

Mas no que diz respeito à despesa do Estado reafirma que é preciso continuar a cortar. "Não é possível diminuir de forma sustentada a despesa do Estado sem mexer em pensões e salários", defende. No entanto, admite que os cortes também têm que chegar a encargos como as Parcerias Publico Privadas (PPP).




Saber mais e Alertas
pub

Marketing Automation certified by E-GOI