Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

505 euros é a oferta média das empresas em Portugal para jovens qualificados

Um estudo da Deco conclui que a média dos ordenados oferecidos pelas empresas em Portugal é de 505 euros, segundo o Correio da Manhã. Além de pagarem o ordenado mínimo, as empresas cortaram benefícios e exigem, agora, mais horas de trabalho.

Negócios negocios@negocios.pt 28 de Abril de 2015 às 09:36
  • Assine já 1€/1 mês
  • 35
  • ...

Um estudo da associação de defesa dos consumidores (Deco) conclui que os salários estão a degradar-se, segundo a edição desta terça-feira, 28 de Abril, do Correio da Manhã.

 

A média do vencimento oferecido pelas empresas para jovens qualificados é de 505 euros. Segundo o mesmo estudo, há muitas empresas que não pagam o subsídio de alimentação e exigem horas de trabalho extra. Em média, o horário laboral estende-se por mais 8 horas por semana.

 

Para a Deco são "propostas salariais que mal dão para sobreviver e condições de trabalho mais penalizadoras são a realidade de um número crescente de portugueses", lê-se no mesmo documento, que contou com a participação de 2.500 inquiridos.

 

A associação intitula esta nova vaga como "Geração 500 euros", numa referência à geração" mileurista" a qual tinha qualificações superiores mas era obrigada a viver em casa dos pais sem conseguir constituir família devido à média do ordenado ser de mil euros por mês, recorda o Correio da Manhã. 

Ver comentários
Saber mais Deco economia (geral) emprego desemprego
Outras Notícias