Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

A uma semana das eleições em Espanha, sondagens apontam para vitória do PP

As mais recentes sondagens confirmam a vitória do PP de Mariano Rajoy nas legislativas de 20 de Dezembro, e apontam também para a descida do Ciudadanos nas intenções de voto e para a subida do Podemos.

Sergio Perez/Reuters
Negócios com Lusa 14 de Dezembro de 2015 às 11:46
  • Assine já 1€/1 mês
  • 1
  • ...

Quando faltam apenas seis dias para as eleições legislativas em Espanha, as mais recentes sondagens confirmam a vitória do PP, de Mariano Rajoy, e apontam para a subida do Podemos, de Pablo Iglesias. O estreante Ciudadanos, pelo contrário, está a perder força na recta final até a ida às urnas.

 

De acordo com uma sondagem da Sigma Dos para o diário espanhol El Mundo, na votação do próximo domingo, 20 de Dezembro, o PP deverá obter 27,2% dos votos, e assegurar entre 114 e 119 deputados. Ainda assim, este resultado não é suficiente para alcançar a maioria absoluta (que se atinge aos 176 deputados), pelo que Mariano Rajoy terá de fazer acordos pós-eleitorais para o Governo.

 

Em segundo lugar na sondagem surge o PSOE, de Pedro Sánchez, que recolhe 20,3% das intenções de voto (entre 76 e 81 deputados), seguido pelo Ciudadanos com 19,6% (entre 62 e 69 deputados). A formação de Albert Riviera regista, assim, uma descida de 3,4 pontos percentuais face à mesma sondagem realizada em Novembro.

 

Em sentido contrário surge o Podemos, que ganha terreno face às sondagens anteriores. O partido de Pablo Iglesias regista agora 18,4% das intenções de voto (o suficiente para 56 a 60 deputados, contando com os movimentos En Comú Podem, En Marea e Compromís-Podemos).

 

A sondagem da Sigma Dos - que incluiu 8.350 entrevistas feitas entre os dias 1 e 9 de Dezembro - tem uma margem de erro de 1,3% e um nível de confiança de 95,5%.

 

Também o El País publica uma sondagem sobre as eleições do próximo domingo que dá vitória ao PP, o segundo lugar ao PSOE e, ao contrário da do El Mundo, o terceiro lugar ao Podemos – que surge, assim, à frente do Ciudadanos.

 

A sondagem do El País atribui ao PP 25,3% das intenções de voto, seguido agora de mais perto pelo PSOE, com 21%.

 

Podemos (19,1%) e Ciudadanos (18,2%) surgem muito próximos. O partido de Pablo Iglesias obteria entre 55 e 64 deputados, enquanto a formação de Rivera entre 53 e 67.

 

Estes números indicam que apenas nos intervalos mais optimistas para os dois partidos o PP consegue uma aliança de maioria apenas com o Ciudadanos.

 

O trabalho do El País baseou-se em 2.800 entrevistas realizadas entre 7 a 10 de Dezembro e apresenta uma margem de erro de 1,9 pontos percentuais, para uma margem de confiança de 95,5%. 

A sondagem publicada pelo jornal ABC é quem dá a maior percentagem de votos ao PP, com 28,3% dos votos. Com esta sondagem, o partido liderado por Rajoy consegue uma vantagem de 7,1% de votos em relação ao PSOE, que reúne 21,2% das intenções de voto dos espanhóis para o próximo domingo.

O Ciudadanos é assim o terceiro partido mais votado, com 18,1%, não muito longe do Podemos, com 17,6% dos votos.


O jornal destaca, no entanto, que estes ainda são valores sujeitos a algumas oscilações, especialmente após o debate desta segunda-feira, 14 de Dezembro, entre o líder do PP, Mariano Rajoy, e o líder do PSOE, Pedro Sánchez. 


[Notícia actualizada às 17:20 com mais informação]

Ver comentários
Saber mais eleições legislativas Mariano Rajoy Pablo Iglesias PP Espanha El Mundo PSOE Pedro Sánchez Albert Riviera política Ciudadanos Podemos
Outras Notícias