Ambiente Agricultores querem plano de emergência nacional para a seca

Agricultores querem plano de emergência nacional para a seca

A Confederação dos Agricultores de Portugal quer que seja adoptado um plano de emergência nacional para a seca. O Governo responde com as medidas que já foram adoptadas.
Agricultores querem plano de emergência nacional para a seca
Miguel Baltazar
Lusa 21 de fevereiro de 2018 às 09:28
O presidente da Confederação dos Agricultores de Portugal quer um plano de emergência nacional devido à actual situação de seca e, em resposta, o Governo destaca as várias medidas que já foram adoptadas.

Numa reacção às previsões do Instituto Nacional de Estatística (INE), que apontam para a redução da área de cultivo dos cereais de inverno para um mínimo histórico devido à seca, Eduardo Oliveira e Sousa defende, numa entrevista ao jornal Negócios, que a situação "tem de ser combatida com um plano de emergência nacional envolvendo vários ministérios".

Questionado pela Lusa sobre se o Governo estaria disposto a avançar com um plano de emergência nacional, o ministério da Agricultura lembrou que têm sido adoptadas, desde o ano passado, várias medidas no âmbito da situação de seca que o país atravessa como por exemplo a criação de uma linha crédito, de um Plano Nacional de Regadios e de um Plano de Prevenção, Monitorização e Contingência para Situações de Seca.

"Tendo em conta que as alterações climáticas são determinantes para o futuro da agricultura, o Governo adoptou um Plano Nacional de Regadios que criará 90 mil hectares de novos regadios até 2021. Trata-se de um investimento no montante de 534 milhões de euros, dos quais 150 milhões estão já em execução", destacou o ministério.



A sua opinião3
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
comentar
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentários mais recentes
Anónimo 21.02.2018

Peçam ao sr basílio horta uma ajudinha

Anónimo 21.02.2018

FALTA DE ÁGUA


A FALTA DE ÁGUA É UM PROBLEMA SÉRIO.
MAS A INVOCAÇÃO QUE VAI HAVER UM PREJUIZO PARA O CULTIVO DE CEREAIS É UMA MANEIRA DE SE POREM NA FILA PARA OS SUBSÍDIOS.
PORTUGAL JÁ SÓ PRODUZ CEREAIS DE UMA FORMA MUITO RESIDUAL.
ATÉ O GRÃO JÁ VEM DA INDIA!
O TRIGO HÁ MUITO QUE NÃO SE CULTIVA DE UMA FORMA SUSTENTADA.
VAMOS LÁ SER SÉRIOS!

Anónimo 21.02.2018

Aproveitar a energia solar e eólica para tirar o sal da da água do mar.

pub