Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

António Costa quer "recuperar" o Estado como motor da inovação

O secretário-geral do PS defendeu esta segunda-feira que o sector público deve ser "motor" na promoção de inovação e contrariou as teses mais liberais que rejeitam um Estado empreendedor por bloquear o papel do sector privado na economia.

Bruno Simão/Negócios
Lusa 20 de Abril de 2015 às 18:45
  • Assine já 1€/1 mês
  • 16
  • ...

António Costa falava no encerramento de um colóquio intitulado "Mais inovação e melhor economia", promovido pelo PS no ISEG (Instituto Superior de Economia e Gestão) e que contou a com a presença da economista italiana e professora universitária Mariana Mazzucato.

 

"Ao contrário do que a direita diz, o Estado empreendedor não é o sector público em combate ou em disputa com o sector privado. O Estado pode e deve ter um efeito catalisador e motor" no desenvolvimento da inovação, sustentou o líder socialista.

 

Na sua intervenção, António Costa saudou o trabalho científico que tem sido desenvolvido por Mariana Mazzucato, considerando que esse trabalho ajuda a esquerda social-democrata a "recuperar e reinventar o seu vocabulário".

 

"A actual ministra da Justiça francesa disse recentemente que a maior derrota da esquerda foi ter perdido o seu vocabulário, cedendo ao vocabulário da direita", referiu o líder socialista, antes de defender a tese sobre a necessidade de "recuperar o Estado como empreendedor".

 

De acordo com o secretário-geral do PS, a questão da inovação estimulada e promovida pelo sector público "é absolutamente crucial".

 

"Como pode o Estado ter um efeito na inovação se ele próprio não for capaz de ser inovador?", interrogou-se António Costa, numa intervenção em que voltou a criticar o recurso excessivo pelo Estado ao 'outsourcing', sobretudo nos últimos dez anos, desprotegendo o Estado em termos de recursos humanos qualificados.

 

"Um dos maiores desafios que se coloca a Portugal passa pela requalificação dos quadros da administração pública. Durante muitas décadas, na verdade, a administração pública foi um centro de referência de competências, mas foi perdendo - e isso desarmou o Estado em desfavor do sector privado. Por isso, a recuperação da inovação no sector público é absolutamente essencial", acrescentou o secretário-geral do PS.

Ver comentários
Saber mais António Costa Mariana Mazzucato Portugal política funcionários públicos
Mais lidas
Outras Notícias