Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

António Saraiva: Troika tem de olhar para a recapitalização das empresas com maior determinação

António Saraiva, presidente da CIP, apelou à troika “para a necessidade de olhar para a recapitalização das empresas com a mesma determinação que olhou para a recapitalização dos bancos”.

Bruno Simão/Negócios
Maria João Gago mjgago@negocios.pt 26 de Fevereiro de 2014 às 12:31
  • Assine já 1€/1 mês
  • 2
  • ...

“Fizemos uma proposta para que a verba destinada aos bancos que não foi usada fosse alocada a um fundo para a capitalização das empresas produtoras de bens e serviços transaccionáveis. Essa proposta não foi sequer discutida”, afirmou António Sariava durante o colóquio "A União Bancária e o Financiamento da Economia Portuguesa”, que decorre esta quarta-feira, 26 de Fevereiro, no Parlamento.

 

O responsável questionou “que destino terá o valor remanescente” de cerca de 6 mil milhões de euros proveniente do montante disponibilizado para a banca.

 

António Saraiva revelou que esta tarde vai abordar este assunto à troika, com quem vai reunir.

 

O presidente da CIP reiterou que há um problema de escassez de crédito à economia. “A escassez de financiamento, continuamos a dizer, é o principal obstáculo à recuperação económica que se começa a vislumbrar”.

 

“A união bancária é fundamental para que o custo do financiamento das empresas volte a depender dos perfis de risco independentemente da sua localização.”

 

António Saraiva criticou ainda o facto de o programa de ajustamento negociado com a troika “não ter avaliado correctamente as necessidades de financiamento da economia, o que contribuiu para a escassez do crédito e para o sufoco financeiro das empresas. A troika tardou em reconhecer a situação de escassez de crédito que se deveu ao ritmo excessivo de desalavancagem da banca. E quando o reconheceu não foi capaz de dar respostas adequadas. O acesso a crédito continua vedado a muitas empresas e as taxas em níveis proibitivos”

Ver comentários
Saber mais CIP António Saraiva troika crédito crédito à economia PME
Outras Notícias