Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Aprovado aumento do subsídio de refeição na Função Pública

O Parlamento aprovou também uma proposta do PCP para a reposição da contratação colectiva, com os votos favoráveis dos comunistas, do PS e do Bloco e a abstenção do PSD e do CDS-PP.

Lusa 24 de Novembro de 2016 às 17:47
  • Partilhar artigo
  • 5
  • ...
O parlamento aprovou esta quinta-feira, 24 de Novembro, um aumento do subsídio de refeição da Função Pública em 0,25 euros em Janeiro e do mesmo montante em Agosto, bem como a reposição dos instrumentos de contratação colectiva nas empresas do Estado.

Com os votos favoráveis do PS, PCP e Bloco de Esquerda e contra do PSD e do CDS-PP, foi aprovada uma proposta de alteração socialista para o aumento do valor do subsídio de refeição da Função Pública em dois momentos no próximo ano: para 4,52 euros a partir de 1 de Janeiro (mais 0,25 euros) e para 4,77 euros (mais 0,25 euros) a partir de 1 de Agosto.

De fora deste aumento ficam os trabalhadores do sector empresarial do Estado, aos quais será "aplicável o disposto em instrumentos de regulamentação colectiva do trabalho, quando existam, em matéria de subsídio de refeição, trabalho extraordinário ou suplementar e trabalho nocturno".

O Parlamento aprovou também uma proposta do PCP para a reposição da contratação colectiva, com os votos favoráveis dos comunistas, do PS e do Bloco e a abstenção do PSD e do CDS-PP.

Assim, é retomada a aplicação dos instrumentos de regulamentação colectiva do trabalho existentes no sector público empresarial.

Os deputados deram início, esta tarde, à votação artigo a artigo da proposta de Orçamento do Estado para 2017 (OE2017), bem como das cerca de 400 propostas de alteração apresentadas pelos partidos.
Ver comentários
Saber mais Função Pública PCP PS Bloco de Esquerda PSD CDS-PP Orçamento do Estado economia negócios e finanças
Outras Notícias