Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Arménio Carlos: Líder da CGTP "deve ter a imagem de um simples trabalhador"

O secretário-geral da CGTP "deve ter a imagem de um simples trabalhador, porque é aquilo que ele é", afirmou Arménio Carlos.

Nuno Carregueiro nc@negocios.pt 27 de Janeiro de 2012 às 14:00
  • Assine já 1€/1 mês
  • 6
  • ...
No dia em que será eleito secretário-geral da CGTP, Arménio Carlos diz que é “só mais um”, que faz parte de um “colectivo que estará ao lado dos trabalhadores, a ajudar a resolver os seus problemas.

Em declarações à SIC Notícias, depois de questionado sobre que imagem deverá ter o líder da CGTP, Arménio Carlos respondeu que “deve ter a imagem de um simples trabalhador, porque é aquilo que ele é”.

Espera desempenhar as suas funções com “o contributo de muitos camaradas, quer sejam do privado ou do público”.

O ainda não-eleito secretário-geral salientou que “não há oposição” na CGTP, mas sim “disponibilidade para trabalhar”, uma vez que os trabalhadores “precisam de unidade”.

Arménio Carlos deverá ser esta noite eleito secretário-geral da CGTP com o apoio incondicional dos comunistas e reservas das tendências minoritárias da Intersindical. A votação decorre ao final do dia, depois dos trabalhos do Congresso, quando o renovado Conselho Nacional se reunir pela primeira vez.

Em declarações ao Negócios, o dirigente da CGTP não excluiu qualquer forma de luta este ano, incluindo uma greve geral. "Todas as formas de luta fazem sentido, sem excluir rigorosamente nenhuma, porque os trabalhadores estão sujeitos a uma violenta ofensiva", afirmou.

Ver comentários
Saber mais Arménio Carlos CGTP
Outras Notícias