Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Arroz pode afetar o meio ambiente tanto como centrais a carvão

Os consumidores conscientes estão a parar de comer carne e a conduzir carros elétricos para fazer a sua parte pelo meio ambiente, mas o que dizer sobre aquela tigela de arroz?

Bloomberg
Bloomberg 09 de Junho de 2019 às 19:00
  • Assine já 1€/1 mês
  • 14
  • ...

O cultivo global de arroz pode ter o mesmo efeito prejudicial sobre o aquecimento global a curto prazo que 1.200 centrais a carvão de média dimensão, segundo o grupo ambientalista Environmental Defense Fund, de Nova Iorque. Isto significa que, a longo prazo, o arroz é tão prejudicial como as emissões combinadas anuais de dióxido de carbono de combustíveis fósseis na Alemanha, Itália, Espanha e Reino Unido.

 

À medida que o tamanho da pegada de carbono de alimentos básicos se torna mais claro para os cientistas, empresas como a fabricante do arroz Uncle Ben e Olam International, segunda maior fornecedora de arroz do mundo, começam a procurar mais grãos de plantações que não são inundadas, uma técnica de cultivo generalizada que libera gás metano na atmosfera.

 

"A quantidade de atenção que o arroz recebe para estas questões é relativamente pequena em comparação com o tamanho do problema", afirma Paul Nicholson, que coordena pesquisas sobre arroz e sustentabilidade para a Olam, em Singapura. "As pessoas são bem informadas sobre o chocolate, o café, produtos para o cabelo, mas o arroz fica para depois."

 

O arroz é o alimento básico de centenas de milhões de asiáticos e, de longe, o grão mais poluidor - emite o dobro de gases nocivos do que o trigo. No entanto, não tem estado no centro do debate como, por exemplo, a carne bovina, que produz muito mais emissões por caloria e, em conjunto com outros produtos animais, é a culpada por quase 60% das emissões de gases de efeito estufa provenientes dos alimentos.

 

Isso está a mudar à medida que consumidores socialmente conscientes, especialmente na Europa e na América do Norte, exigem cada vez mais provas de que os alimentos que compram causam menos danos ao meio ambiente - e tratam de forma justa agricultores e trabalhadores nos países em desenvolvimento. Com a agricultura a emitir quase tanto gás com efeito estufa como o transporte, esta procura só se intensifica.

 

A Sustainable Rice Platform, ou SRP, supervisionada pelas Nações Unidas e pelo Instituto Internacional de Pesquisa de Arroz, tenta promover uma mudança. No início deste ano, a agência, com sede em Bangkok, divulgou diretrizes atualizadas sobre o cultivo de arroz de forma mais sustentável, por exemplo, alternando molhar e secar a plantação em vez de mantê-la inundada, sem queimar o que restou da produção depois de colhida, usando fertilizantes e promovendo condições de trabalho justas.

 

(Texto original: Your Bowl of Rice Is Hurting the Climate Too)

Ver comentários
Saber mais arroz meio ambiente
Mais lidas
Outras Notícias