Política As caras da equipa de Rui Rio

As caras da equipa de Rui Rio

O PSD elegeu este fim-de-semana novos órgãos. A comissão política nacional de Rio conseguiu mais de dois terços dos votos, o pior resultado desde Menezes em 2007. A escolha dos nomes não foi consensual e o último dia do Congresso ficou marcado por uma vaia a Elina Fraga, vice de Rio. Santana, ex-rival de Rio faz parte dos conselheiros.  

A comissão política nacional de Rio foi eleita este domingo, tendo conseguido 64,7% dos votos dos congressitas. Este é orgão executivo que estará ao lado do novo líder na hora de decidir.

A votação foi a pior desde 2007, quando a lista de Luís Filipe Menezes teve 61,8% dos votos, avançou a Lusa. O resultado da votação não terá sido indiferente à insatisfação dos congressistas com a escolha de Elina Fraga para vice do partido. A ex-bastonária da Ordem dos Advogados foi crítica do Governo de Passos e quando subiu ao palco laranja para tomar posse recebeu uma vaia. Este poderá não ser o único problema com que Rio se confronta dentro do PSD. O novo líder manteve Salvador Malheiro no seu núcleo duro - é um dos vice-presidentes -, apesar das suspeitas sobre falsificação de militantes na secção de Ovar do PSD.

 

Outro dos pontos que terá influenciado os resultados foi o facto de ao contrário do que aconteceu no Conselho Nacional, a lista para a Comissão  Política não foi articulada com Santana Lopes, o rival com quem disputou as directas. A lista de Rio e Santana ao órgão que reúne os conselheiros conseguiu 34 dos 70 lugares. Esta lista conjunta serviu para mostrar a unidade. 




Saber mais e Alertas
pub