Política Assembleia da República arrancou trabalhos… por seis minutos

Assembleia da República arrancou trabalhos… por seis minutos

Começaram os trabalhos do novo Parlamento mas apenas duraram seis minutos. Ferro Rodrigues suspendeu os trabalhos para que a Comissão Eventual de Verificação analise os perfis dos deputados eleitos. Estreantes aproveitam para marcar posição e André Ventura chegou ao plenário quando os trabalhos já decorriam.

Começaram os trabalhos da XIV legislatura. Coube a Ana Catarina Mendes, enquanto líder da bancada parlamentar com maior representação e, "cumprindo a praxe parlamentar", dar inícios aos trabalhos.  


De seguida, a recém-eleita presidente da grupo parlamentar socialista designou, para presidir aos trabalhos nesta primeira sessão legislativa, Eduardo Ferro Rodrigues, presidente cessante da Assembleia da República e candidato único à eleição para próximo presidente do Parlamento.


A deputada Sofia Araújo (PS) e o parlamentar Duarte Pacheco (PSD) auxiliaram Ferro Rodrigues nesta sessão que acabou por ser suspensa passados breves seis minutos, altura em que os trabalhos foram interrompidos para que a Comissão Eventual de Verificação de Poderes analise os perfis dos deputados eleitos a 6 de outubro.  


Foi já quando Duarte Pacheco, secretário da Mesa da Assembleia, lia o projeto de resolução para a criação da comissão eventual, que o deputado, André Ventura, chegou ao plenário, obrigando a que a deputada do CDS, Ana Rita Bessa, se levantasse para que o líder do Chega (direita populista) pudesse assumir o seu lugar, na ponta da segunda fila mais à direita.


Ventura foi bem recebido pelos deputados centristas, sobretudo com cumprimentos simpáticos de Ana Rita Bessa e Telmo Correia.


Estreantes marcam posição

A manhã serviu para que fossem feitas diversas "visitas guiadas", com os deputados mais maduros a mostrarem os cantos da casa aos iniciantes. Serviu ainda para que alguns dos novos rostos comecem a afirmar-se e ganhar palco.


Foi o caso de Inês Sousa Real, deputada eleita pelo PAN e que é a líder parlamentar do partido. Após quatro anos como único rosto do partido, o líder André Silva optou por ficar num segundo plano, deixando que fosse a sua líder parlamentar a responder às questões dos jornalistas. Sousa Real frisou querer, nesta legislatura, trabalhar para "reaproximar as pessoas da vida pública".  


Também muito requisitado foi João Cotrim Figueiredo, o deputado eleito pela Iniciativa Liberal que, sobre a polémica dos lugares verificada entre Ventura e o CDS, se limitou a garantir que para este partido estreante "os lugares [no hemiciclo] são indiferentes".


Já André Ventura fez questão de ser notado. Depois de ter chamado a atenção com a chegada tardia ao plenário, percorreu os corredores sempre acompanhado de um amplo grupo de militantes do Chega, os quais estavam também nas galerias a assistir à meia dúzia de minutos que duraram os trabalhos.


Entre as caras novas dos novos partidos, a mais discreta foi Joacine Katar Moreira.  


A sessão é retomada às 15:00 com a chamada individual dos deputados, já com a substituição de mandatos, que iniciam a sessão legislativa.



pub

Marketing Automation certified by E-GOI