Educação Aulas começam a 12 de Setembro e com turmas mais pequenas

Aulas começam a 12 de Setembro e com turmas mais pequenas

As aulas no próximo ano lectivo vão iniciar-se a 12 de Setembro e o número de alunos por turma sofrerá uma redução em todos os anos iniciais dos três ciclos do ensino básico, segundo o Ministério da Educação.
Aulas começam a 12 de Setembro e com turmas mais pequenas
Correio da Manhã
Lusa 20 de junho de 2018 às 14:12

O Ministério publicou hoje o despacho de constituição de turmas para o ano lectivo 2018/2019, que determina a redução do número de alunos por turma, bem como as demais disposições do regime de constituição de turmas nas escolas da rede pública e escolas particulares com contrato de associação.

 

Foi ainda publicado em Diário da República o despacho que determina o calendário de actividades educativas e escolares 2018/2019 e o calendário de realização das provas de aferição, das provas finais de ciclo, dos exames finais nacionais, bem como das provas de equivalência à frequência do ensino básico e secundário.

 

Segundo o Ministério da Educação, a redução do número de alunos por turma começou a ser implementada em 2017/2018 nos Territórios Educativos de Intervenção Prioritária (TEIP), "uma vez que nestas comunidades educativas os benefícios desta medida são ainda mais significativos".

 

Este ano a redução do número de alunos por turma é estendida a todos os anos iniciais dos três ciclos do ensino básico.

 

As turmas do 1.º ciclo vão voltar a ter 24 alunos e as de 2.º e 3.º ciclos entre 24 e 28 estudantes.

 

A medida, segundo o ministério, visa melhorar as condições de trabalho dos professores e contribuir para a melhoria das aprendizagens dos alunos, promovendo condições para mais diferenciação pedagógica.

 

"Trata-se da primeira vez que é publicado este despacho, uma vez que até agora as disposições de constituição eram publicadas no despacho das matrículas. A alteração tem como objectivo sistematizar e organizar a informação, já que a matéria de constituição de turmas é objectivamente distinta da das matrículas", explica o ministério numa nota de imprensa.

 

Relativamente ao calendário das actividades lectivas, o despacho determina a sua aprovação para o ano lectivo de 2018-2019, dos estabelecimentos públicos de educação pré-escolar e dos ensinos básico e secundário, dos estabelecimentos particulares de ensino especial.

 

As aulas iniciam-se entre 12 e 17 de Setembro para os estabelecimentos públicos da educação pré-escolar e do ensino básico e secundário e as interrupções lectivas decorrem de 17 de Dezembro a 02 de Janeiro, de 04 de Março a 06 de Março e de 08 de Abril a 22 de Abril.

 

Os estabelecimentos particulares de ensino especial iniciam as aulas entre 03 e 07 de Setembro.

 

Já no que se refere às provas de aferição do ensino básico o despacho determina que vão decorrer entre 02 de maio e 19 de Junho.




pub

Marketing Automation certified by E-GOI