Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Autarca de Viana do Castelo imprime listagem do recenseamento e vai para as urnas informar eleitores

Centenas de pedidos de esclarecimentos sobre o novo número e local de voto levaram o presidente da Junta da Meadela, em Viana do Castelo, a imprimir uma listagem do recenseamento e ir para a boca das urnas informar os eleitores.

Lusa 23 de Janeiro de 2011 às 18:07
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
"Foram centenas de pessoas que chegaram aqui sem saber o novo número de eleitor e consequentemente em qual das assembleias de voto deveria votar. Por isso, ao início da tarde imprimi a lista do recenseamento eleitoral da freguesia e viemos para aqui informar as pessoas", afirmou à Agência Lusa Américo Carvalhido.

Um pouco por todo o país, eleitores queixam-se de falta de dificuldades para aceder ao local de recenseamento, problema agravado pelas falhas nos serviços electrónicos.

Ajudado por uma funcionária, o presidente da junta da Meadela não teve mãos a medir durante a tarde toda.

"Não paramos. Foram centenas as pessoas que chegaram sem informação e a pedir esclarecimentos. Se não fosse esta listagem tínhamos aqui uma fila de quilómetros, assim os eleitores votam muito mais rapidamente", salientou.

Na lista de 8075 eleitores consta o nome completo dos cidadãos inscritos naquela junta de freguesia e ainda os números do bilhete de identidade e de eleitor.

E um dos eleitores que afirmou à Lusa ter passado por uma "saga" para votar neste domingo foi José Castro Guedes.

"Só o consegui fazer depois de o presidente da Meadela me ter fornecido as informações necessárias", salientou.

Mas antes de se ter dirigido directamente à assembleia de voto, este eleitor de Viana do Castelo diz que "fez um sem número de telefonemas", "mandou mensagens por telemóveis" e tentou "através da Internet" e "tudo sem sucesso".

"Numa dessas tentativas, enquanto esperava que me passassem uma chamada para a Direcção Geral da Administração Interna, o meu telefonema até foi parar a casa de um particular que não tinha nada a ver com o assunto", referiu.

Este eleitor lamentou que, num ato importante como é a eleição do Presidente da República "quase tudo tenha falhado".

Ver comentários
Mais lidas
Outras Notícias