Política Monetária Banco central da China garante que usará "todos os instrumentos" para suportar a economia

Banco central da China garante que usará "todos os instrumentos" para suportar a economia

Numa entrevista aoShanghai Securities News, o governador do banco central, Yi Gang, pediu uma visão "racional" aos investidores, e garantiu que o país tem "margem para enfrentar todos os tipos de atrito comercial".
Banco central da China garante que usará "todos os instrumentos" para suportar a economia
Reuters
Negócios 20 de junho de 2018 às 07:59

Depois da turbulência que afectou as bolsas nos últimos dias, o governador do banco central da China deixou uma mensagem de tranquilidade aos mercados. E uma garantia: os investidores devem permanecer calmos, até porque a autoridade monetária usará todos os instrumentos ao seu dispor para suportar a economia.

Numa entrevista ao Shanghai Securities News, o governador do banco central da China, Yi Gang (na foto), garantiu que os responsáveis pela política monetária estão preparados para choques externos, e aconselhou uma visão racional aos investidores.

"Estaremos voltados para o futuro, prepararemos políticas relevantes e usaremos de forma abrangente todos os tipos de instrumentos de política monetária", afirmou Yi, citado pela Bloomberg. A turbulência no mercado de acções é "impulsionada principalmente pelo sentimento", sublinhou, acrescentando que a China tem "margem para enfrentar todos os tipos de atrito comercial".

As palavras de Yi Gang surgem depois de os Estados Unidos terem confirmado, na sexta-feira, uma tarifa de 25% sobre 50 mil milhões de dólares de importações chinesas, e terem ameaçado uma taxa de adicional de 10% sobre 200 mil milhões de dólares de bens vindos da China.

Pequim garantiu imediatamente que irá retaliar, fazendo subir de tom a tensão entre as duas maiores economias o mundo.

De acordo com a agência noticiosa, o banco central injectou 200 mil milhões de yuan (cerca de 26,7 mil milhões de euros) na economia, esta terça-feira, elevando para 403,5 mil milhões o montante total injectado só neste mês de Junho, o mais elevado, em termos mensais, desde Dezembro de 2016.




pub

Marketing Automation certified by E-GOI