Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Banco de Inglaterra mantém juros nos 4%

O Banco de Inglaterra (BoE) deixou hoje a principal taxa de juro nos 4%, tal como era esperado. Este foi o oitavo mês sucessivo em que o BoE deixa os juros inalterados, numa tentativa de impulsionar o crescimento económico.

Pedro Carvalho pc@mediafin.pt 04 de Julho de 2002 às 12:01
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
O Banco de Inglaterra (BoE) deixou hoje a principal taxa de juro nos 4%, tal como aguardavam os economistas. Este foi o oitavo mês sucessivo em que o BoE deixa as taxas inalteradas, numa tentativa de dar espaço à economia para recuperar da recessão.

A autoridade monetária do Reino Unido (RU) irá aguardar sinais mais evidentes de retoma no crescimento económico, para mudar o rumo da política monetária.

O Governador do BoE, Edward George, e o presidente do Banco Central Europeu (BCE), Wim Duisenberg, deixaram nos últimos meses transparecer que poderiam subir os juros, mas os recentes dados macro-económicos obrigaram ambos a um discurso diferente.

Esta decisão, que não constituiu surpresa para os analistas, deverá ser replicada pelo Banco Central Europeu (BCE), que às 12h45 deverá anunciar igualmente a manutenção do preço do dinheiro na Zona Euro. A taxa de juro nos 12 países da Zona Euro mantém-se actualmente nos 3,25%.

As taxas de juro no RU estão ao nível mais baixo desde 1964, depois de em 2001, o BoE ter procedido por quatro vezes ao corte nos juros.

Ver comentários
Outras Notícias