Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Banco de Inglaterra mantém taxa de juro nos 5,25%

O Banco de Inglaterra manteve a taxa de juro de referência do país no nível mais elevado dos últimos cinco anos e meio. A autoridade monetária britânica vai aguardar novos dados sobre a inflação para decidir se sobe o valor da taxa no próximo mês de Maio.

Ana Luísa Marques anamarques@negocios.pt 05 de Abril de 2007 às 12:56
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

O Banco de Inglaterra manteve a taxa de juro de referência do país no nível mais elevado dos últimos cinco anos e meio. A autoridade monetária britânica vai aguardar novos dados sobre a inflação para decidir se sobe o valor da taxa no próximo mês de Maio.

Os nove membros do Comité de Política Monetária do Banco de Inglaterra decidiram manter a taxa de juro nos 5,25%. Dos 60 economistas contactados pela Bloomberg, oito já esperavam esta decisão mas a grande maioria acredita que o banco só vai subir o valor da taxa em Maio para os 5,5%.

"É provável que ocorra uma subida da taxa no próximo mês de Maio", prevê Alan Castle, economista da Lehman Brothers Holdings, citado pela agência Bloomberg. "O banco está apenas a adiar o inevitável", disse Castle.

O governador do Banco de Inglaterra, Mervyn King, afirmou no passado dia 27 de Março que ainda é cedo para perceber qual vai ser a evolução da inflação. Mas as últimas previsões do banco indicam que poderá ser necessário um novo aumento da taxa de juro para que a inflação regresse aos 2%. Em Fevereiro, o índice de preços no consumidor subiu 2,8%, o maior aumento da última década.

Desde Agosto de 2006, o Banco de Inglaterra já subiu o valor da taxa de juro de referência três vezes. Este movimento tem sido seguido pelo Banco Central Europeu e pelo Banco do Japão (BdJ).

Na Zona Euro, a taxa de juro está actualmente nos 3,75% e no Japão subiu para os 0,5% no passado mês de Fevereiro.

Outras Notícias