Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Basílio Horta: Este orçamento é “indecente” e pode levar a “convulsões sociais graves”

O socialista eleito para a Câmara de Sintra defende que o Orçamento do Estado para 2014 é “o terceiro orçamento de Vítor Gaspar” porque segue a mesma linha de austeridade.

A carregar o vídeo ...
Rita Faria afaria@negocios.pt 17 de Outubro de 2013 às 15:42
  • Assine já 1€/1 mês
  • 31
  • ...

Basílio Horta defendeu esta quinta-feira que o Orçamento do Estado para 2014 é “indecente”, e que segue a mesma linha de austeridade imposta pelo ex-ministro das Finanças, Vítor Gaspar. O socialista acredita mesmo que as opções do Governo podem conduzir a convulsões sociais graves, nunca vistas em Portugal.  

 

“Este é o terceiro orçamento de Gaspar, mas com outros nomes. As opções que Vítor Gaspar tinha são as mesmas que estão aqui”, afirmou o presidente eleito para a

Queremos estar numa Europa em que Portugal empobrece todos os anos? Se esta estratégia não dá bons resultados, porque insistimos nela? Entre a dívida e as pessoas, eu opto pelas pessoas.
 
Basílio Horta

Câmara Municipal de Sintra, num debate sobre o Orçamento do Estado, organizado pela Universidade Católica.

 

No entanto, destaca o socialista, Vítor Gaspar tinha uma respeitabilidade e uma projecção internacional “que estes não terão”, mas o caminho “é o mesmo”.

 

“É um orçamento indecente. Tivemos, em 2013, um aumento de impostos brutal, agora vamos ter mais 4 mil milhões de euros [de corte na despesa], que vão sair de onde? Dos idosos, reformados e funcionários públicos, e isso é uma questão grave”, sublinhou Basílio Horta, que deposita esperanças no Tribunal Constitucional. “Esperemos que o Tribunal Constitucional defenda o Estado de direito”.

 

O socialista questionou ainda o lugar de Portugal na Europa: “Queremos estar numa Europa em que Portugal empobrece todos os anos? Se esta estratégia não dá bons resultados, porque insistimos nela? Entre a dívida e as pessoas, eu opto pelas pessoas”. “Este orçamento é a gota de água. Pode levar a convulsões sociais graves”, rematou. 

Ver comentários
Saber mais Basílio Horta OE convulsões sociais graves
Outras Notícias