Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Basílio Horta vence Sintra numa luta até ao fim

A candidatura socialista, que apresentava Basílio Horta como candidato à presidência da câmara de Sintra, venceu naquela que foi possivelmente a disputa mais entusiasmante das autárquicas de 2013.

Basílio Horta: Pasta provável: Sem sector atribuído
Pedro Ferreira/Correio da Manhã
David Santiago dsantiago@negocios.pt 30 de Setembro de 2013 às 02:00
  • Assine já 1€/1 mês
  • 24
  • ...

O PS consegue recuperar a câmara de Sintra depois de um interregno em que Fernando Seara se manteve à frente deste município. Apesar de os resultados ainda não serem finais, esta foi uma eleição disputada até à última e o epílogo veio já depois da 1h30 da madrugada.

 

O fundador do CDS e actual deputado independente pelo PS, Basílio Horta, conquista Sintra e devolve esta câmara ao PS depois dos mandatos de Edite Estrela. Conseguiu 26,83% dos votos e quatro mandatos.

 

O candidato independente Marco Almeida, antigo número dois de Fernando Seara, que assumiu uma candidatura independente depois de a distrital do PSD lhe negar apoio, consegue um resultado próximo da vitória. Conquista quatro das 11 freguesias daquele que é o segundo concelho mais populoso do país. Obteve 25,42% dos votos e quatro mandatos.

 

Os resultados confirmam as piores expectativas para o PSD. A derrota de Pedro Pinto (13,79%) significa que o PSD, que detinha a câmara, é relegado para a terceira posição, e não deixa de ser uma derrota da distrital e da direcção do partido, que preteriram Marco Almeida em virtude do deputado pedro Pinto.

 

A candidatura da CDU, protagonizada por Pedro Ventura, conseguiu um mandato, enquanto o Bloco de Esquerda ficou sem nenhum.

Ver comentários
Saber mais Sintra PS Marco Almeida Basílio Horta
Outras Notícias