Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

BCE: Decisão de compra de obrigações não foi unânime

A decisão de activar novamente a compra de obrigações no mercado secundário não foi unânime, ao contrário do que aconteceu relativamente à decisão de manter a taxa de juro e de avançar um empréstimo a seis bancos da Zona Euro.

Rui Peres Jorge rpjorge@negocios.pt 04 de Agosto de 2011 às 14:53
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
Questionado pelos jornalistas, Jean-Claude Trichet afirmou ter havido unanimidade em duas das decisões, para depois reconhecer que “não houve unanimidade” na decisão de activar o programa de compra de activos (SMP, na sigla em inglês), frisando, no entanto, que foi tomada com uma “esmagadora maioria”.

A decisão de comprar obrigações é um dos temas mais polémicos dentro do BCE, com vários membros a considerarem que pode gerar inflação e ser vista como um bónus aos países em dificuldades.

Trichet recusou avançar com mais informação, nomeadamente sobre de que países estão a comprar obrigações.

Ver comentários
Saber mais BCE Jean-Claude Trichet Zona Euro obrigações
Outras Notícias