Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

BCE mantém juros nos 2%

O Banco central Europeu (BCE) decidiu hoje, tal como era esperado, manter a sua taxa de juro de referência nos 2%, resistindo assim à pressão política que apelava a uma redução para ajudar a melhorar o crescimento económico.

Ana Filipa Rego arego@negocios.pt 07 de Julho de 2005 às 12:50
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

O Banco central Europeu (BCE) decidiu hoje, tal como era esperado, manter a sua taxa de juro de referência nos 2%, resistindo assim à pressão política que apelava a uma redução para ajudar a melhorar o crescimento económico.

A instituição bancária manteve inalterada a taxa n valor mais baixo dos últimos 60 anos depois do Banco de Inglaterra também ter hoje optado por deixar a sua nos 4,75%.

Vários responsáveis políticos, nomeadamente o primeiro-ministro italiano, tinham apelado à instituição bancária para reduzir mais os juros. No entanto, na última semana, pelo menos quatro responsáveis do BCE sugeriram que não têm pressa para mudar a taxa de juro de referência.

O membro do BCE, Jaime Caruana disse mesmo que as taxas de juro mais baixas não resolveriam os problemas económicos. Já o presidente do banco, Jean Claude Trichet afirmou que os juros estão suficientemente baixos para sustentar o crescimento e os que estabelecem o nível dos juros, Christian Noyer e Klaus Liebscher disseram que a política do banco era «acomodatícia».

O membro do Conselho de Administração do Bundesbank, Hans Reckers foi mais longe ao afirmar que acredita que o Banco Central Europeu vai deixar a taxa de juro de referência na Europa no valor mais baixo das últimas 6 décadas mais um ano.

O BCE mantém, assim, a sua taxa de juro inalterada desde Junho de 2003.

Outras Notícias