Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

BCE tem espaço para continuar a descer os juros

Ewald Nowotny, membro do Banco Central Europeu (BCE), confirmou que a Zona Euro já está em "recessão". Com as expectativas de inflação a descerem rapidamente, o banco tem espaço para futuros cortes de juros na região, disse Nowotby.

Ana Luísa Marques anamarques@negocios.pt 13 de Novembro de 2008 às 12:54
  • Partilhar artigo
  • ...
Ewald Nowotny, membro do Banco Central Europeu (BCE), confirmou que a Zona Euro já está em "recessão". Com as expectativas de inflação a descerem rapidamente, o banco tem espaço para futuros cortes de juros na região, disse Nowotby.

Após dois cortes de juros em menos de um mês, o BCE deverá realizar novas reduções devido à recessão económica e à diminuição das expectativas de inflação, admitiu Ewald Nowotny numa conferência de imprensa, esta manhã, em Bruxelas.

“As expectativas de inflação devem descer rapidamente e isso dará espaço ao BCE para mais medidas expansionistas”, afirmou Nowotny, que é também governador do banco central da Áustria.

Em menos de um mês o BCE baixou duas vezes a taxa de juro da Zona Euro, no conjunto um corte de um ponto percentual para 3,25% e o próprio presidente da instituição deixou no ar a possibilidade de novas reduções.

Nowotny considera que as previsões de crescimento da Comissão Europeia são demasiado “optimistas”. A CE estima que a Zona Euro vai crescer 0,1% em 2009.

“Temo que vai ser muito pior do que isso”, alerta este membro do BCE. “Na melhor das hipóteses teremos estagnação ou uma contracção”, acrescentou.

Hoje foi conhecido que a economia alemã entrou em recessão técnica (dois trimestre consecutivos de contracção) no terceiro trimestre deste ano. A contracção da maior economia da Zona Euro foi superior ao esperado pelos economistas e deixou o país na pior recessão de, pelo menos, 12 anos.
Ver comentários
Outras Notícias