Orçamento do Estado BE: "Há garantias de que não é beliscado o rendimento das pessoas"

BE: "Há garantias de que não é beliscado o rendimento das pessoas"

Será virada a página da austeridade. Esta foi a garantia sobre as negociações orçamentais em curso com Bruxelas, comunicada por Pedro Filipe Soares, do Bloco de Esquerda, após um encontro com Mário Centeno.
BE: "Há garantias de que não é beliscado o rendimento das pessoas"
Miguel Baltazar
Rui Peres Jorge 03 de fevereiro de 2016 às 11:12

O Bloco de Esquerda saiu da reunião de apresentação das linhas gerais do Orçamento do Estado com o ministro das Finanças com uma garantia: as negociações com Bruxelas não comprometem o acordo com o PS que prevê a eliminação da sobretaxa de IRS, a actualização das pensões e a devolução dos cortes salariais aos funcionários públicos.

 

Confirmando que ainda estão em curso negociações com Bruxelas, o líder parlamentar do Bloco de Esquerda repetiu várias vezes uma ideia: "há a garantia de devolução dos salários, garantia de devolução das pensões, garantia de um desagravaremos fiscal" afirmou Pedro Filipe Soares, à saída da reunião com Mário Centeno, onde esteve acompanhado por Mariana Mortágua e Jorge Costa.

 

Cauteloso sobre o teor das conversações com Bruxelas, Pedro Filipe Soares recusou dar números ou medidas sobre as negociações, substituindo-as pela garantia essencial ao Bloco: "há a garantia de que não é beliscado o rendimento das pessoas". "A austeridade é parte do passado".

 

O Bloco de Esquerda diz "não estar surpreendido com a desconfiança de Bruxelas", mas que recebeu do governo "a confiança de que [o diferendo] será ultrapassado dentro de dias".

 

Antes o ministro das Finanças reuniu com PAN e Verdes. Seguiu-se o PSD.

 

As negociações continuam com a Comissão Europeia, com divergências significativas entre o exigido por Bruxelas e o oferecido por Portugal.

 




pub

Marketing Automation certified by E-GOI