Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Berlim nega que haja uma decisão final sobre permanência da Grécia no euro

O governo alemão negou que já haja uma decisão final sobre a permanência da Grécia na zona euro e pediu a Atenas que cumpra todos os compromissos que subscreveu junto da troika para que isso seja possível.

Lusa 26 de Outubro de 2012 às 21:03
O ministro das Finanças alemão, Wolfgang Schäuble, disse numa entrevista à televisão pública ZDF - avançada hoje, mas que será transmitida integralmente na próxima terça-feira - que o desejo da Alemanha a esse respeito é claro, mas não decisivo.

"Queremos que a Grécia possa permanecer na Zona Euro, mas a Grécia ainda tem bastante para fazer. Isso não está ainda decidido", assegurou em declarações a um documentário intitulado "A luta pelo euro".

Schäuble acrescentou que nesse sentido "há dúvidas" de que a Grécia tenha cumprido "com as suas obrigações até ao momento", em relação à aplicação dos ajustamentos e das reformas estruturais a que se comprometeu em troca de receber os resgates financeiros.

"Estas dúvidas devem desaparecer no futuro", apontou.

Fontes do executivo alemão reiteraram, no entanto, a aposta do gabinete da chanceler Angela Merkel por uma Grécia dentro da zona euro, mas recordaram que a decisão última deve ser tomada por Atenas.

Explicaram que não está previsto na norma comunitária um processo de saída da zona euro e, em nenhum caso, uma expulsão voluntária do país afectado.

Nas últimas semanas, o Governo alemão mostrou-se, em várias ocasiões, claramente a favor de que a Grécia não deixe a moeda única e valorizam os esforços do Executivo de Andonis Samaras.
Ver comentários
Saber mais Berlim Alemanha euro Grécia Wolfgang Schäuble
Outras Notícias
Publicidade
C•Studio