Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Bloco de Esquerda e PCP rejeitam suspensão do TGV

O líder do Bloco de Esquerda, Francisco Louçã, afirmou-se hoje contra a proposta do CDS-PP de suspender a construção do TGV, defendendo a necessidade de investimento público, mas "muito controlado", para enfrentar os problemas da economia nacional.

Negócios com Lusa 04 de Maio de 2010 às 18:13
  • Assine já 1€/1 mês
  • 17
  • ...
O líder do Bloco de Esquerda, Francisco Louçã, afirmou-se hoje contra a proposta do CDS-PP de suspender a construção do TGV, defendendo a necessidade de investimento público, mas "muito controlado", para enfrentar os problemas da economia nacional.

Já antes o líder do PCP tinha feito declarações no mesmo sentido, garantindo que o partido irá apoiar no Parlamento o decreto-lei de concessão do TGV, desde que estejam reunidas três condições que considera essenciais.

"Estou certo que esse pedido de suspensão ou anulação do investimento na alta velocidade para a ligação à Europa não tem qualquer condição de viabilidade parlamentar", declarou o dirigente bloquista em conferência de imprensa no Parlamento, a propósito do agendamento, solicitado pela bancada do CDS, de uma apreciação parlamentar sobre o decreto lei sobre a concessão Poceirão-Caia da ligação ferroviária de alta velocidade, marcada para dia 28 deste mês.

Louçã sublinhou que "o projecto do CDS morreu, não tem coerência, viabilidade nem nenhuma resposta à economia nacional", pelo que terá o voto contra da bancada bloquista, uma posição que o Bloco de Esquerda já transmitiu ao Governo, adiantou o líder partidário, sem no entanto esclarecer qual foi a reacção do Executivo a esta posição.

O responsável do BE justifica a sua posição com dois argumentos: o país "precisa de um reforço de investimento que crie emprego, controlado, qualificado, ponderado, mas que seja decisivo na animação económica" e necessita da ferrovia, "por razões ambientais, económicas e por uma estratégia de desenvolvimento do sistema de transportes.





Ver comentários
Mais lidas
Outras Notícias