Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Bloco de Esquerda falha vereação na Câmara de Lisboa

João Semedo, o coordenador do Bloco de Esquerda, foi a votos em Lisboa e não conseguiu ser eleito vereador. Em Lisboa, mas na Assembleia Municipal, estava ainda reservada uma surpresa. O Partido pelos Animais e pela Natureza (PAN) conseguiu um lugar, de acordo com os resultados finais.

Vídeo: Bloco de esquerda propõe alterações à nacionalização do BPN
Negócios 30 de Setembro de 2013 às 10:59
  • Assine já 1€/1 mês
  • 35
  • ...

João Semedo falhou a eleição para vereador da Câmara Municipal de Lisboa. O Bloco de Esquerda, com 4,61% dos votos, falhou um dos objectivos a que se tinha proposto.

 

Já a CDU conquistou um vereador, ficando, agora no Executivo camarário, com dois vereadores. 

 

Como já era conhecido, António Costa garantiu a maioria absoluta na edilidade lisboeta para o PS, com 11 vereadores, fruto dos 50,91% de votos obtidos. Já a coligação PSD/CDS/MPT, que candidatou Fernando Seara, perdeu três vereadores em Lisboa, ficando com quatro. 

 

Uma das surpresas em Lisboa foi a conquista pelo PAN - Partido pelos Animais e pela Natureza de um lugar na Assembleia Municipal. Aqui também o PS ficou à frente, ainda que com uma percentagem menos expressiva. Conquistou 42,34%, o que lhe dá 25 lugares, o que significa que na Assembleia Municipal o PS não fica com a maioria.

 

A Assembleia Municipal de Lisboa terá 14 elementos do PSD/CDS/MPT, cuja lista era liderada para este órgão por Telmo Correia, o que significa a perda de nove lugares face às eleições de 2009. A CDU terá sete lugares (mais dois) e o Bloco de Esquerda, neste órgão, conquistou um lugar, ficando agora com dois membros. 

 

A nível nacional, o Bloco de Esquerda foi um dos derrotados da noite, pois perdeu a única câmara municipal e ficou-se por uma votação de 2,42% e apenas 7 mandatos. 

Ver comentários
Saber mais Bloco de Esquerda Autárquicas PS Lisboa
Outras Notícias