Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Bolsas de Nova Iorque sobem com quebra nos pedidos de subsídio ao desemprego (act.)

Os dois principais índices da Bolsa de Nova Iorque iniciaram a sessão a subir, depois de ter sido divulgado uma quebra nos pedidos de subsídio de desemprego relativo à semana passada. O Nasdaq subia 0,59% e o Dow Jones valorizava 0,18%.

Bárbara Leite 21 de Agosto de 2003 às 15:04
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
Os dois principais índices da Bolsa de Nova Iorque iniciaram a sessão a subir, depois de ter sido divulgado uma quebra nos pedidos de subsídio de desemprego relativo à semana passada. O Nasdaq subia 0,59%, enquanto o Dow Jones valorizava 0,18%.

O Dow Jones [INDU] cotava nos 9.414,21 pontos, com uma valorização de 0,18%. A General Electric, empresa com a maior capitalização bolsista que integra este índice, somava 0,85%.

O Nasdaq [CCMP] cotava nos 1.770,98 pontos, a valorizar 0,59%.

O número de norte-americanos a solicitar apoio social por desemprego caiu para o mais baixo nível desde Fevereiro último, na passada semana, indiciando que as empresas reduziram o ritmo de despedimentos vivido até agora.

Este indicador assinala uma eventual retoma na procura e, por conseguinte, nas vendas das empresas cotadas.

A fabricante de automóveis General Motors crescia 1,04%, a Microsoft valorizava 0,26% e a Intel continuava a tendência ascendente de ontem nos 1,06%.

Pelas 17h, será divulgado o indicador da indústria de Filadélfia, que os analistas acreditam terá subido, em Julho, para o valor mais alto desde Janeiro.

Às 15h, será divulgado um conjunto de indicadores sobre a economia norte-americana, que se estima que assinalem recuperação da maior economia mundial, expectativa que está a impulsionar os títulos naquele bolsa.

Os resultados das empresas que agrupam o índice S&P 500 deverá acelerar para 14,1% no terceiro trimestre e para 21% no último trimestre deste ano, segundo uma estimativa efectuada pela Thomson Financial.

Ver comentários
Mais lidas
Outras Notícias