Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Bolsas europeias em alta a recuperar das fortes perdas de ontem

As principais praças do Velho Continente estão hoje a recuperar da maior descida em seis semanas que sofreram na sessão de ontem. Os investidores reagiram positivamente ao no leilão de financiamento a três meses do Banco Central Europeu (BCE). As bolsas grega, portuguesa e espanhola lideram as valorizações da sessão.

Raquel Godinho rgodinho@negocios.pt 30 de Junho de 2010 às 11:08
  • Partilhar artigo
  • ...
As principais praças do Velho Continente estão hoje a recuperar da maior descida em seis semanas que sofreram na sessão de ontem. Os investidores reagiram positivamente ao no leilão de financiamento a três meses do Banco Central Europeu (BCE). As bolsas grega, portuguesa e espanhola lideram as valorizações da sessão.

A sessão de ontem foi marcada pelas acentuadas perdas dos principais mercados accionistas da Europa, pressionados pelos receios em torno de um crescimento mais lento da economia chinesa e pelo anúncio de que a confiança dos consumidores norte-americanos caiu mais do que o previsto.

Também a notícia de que BCE pode não renovar o programa de financiamento de 452 mil milhões de euros, que termina na próxima quinta-feira, pressionou o sector financeiro e contribuiu para o pessimismo dos investidores.

Os bancos da Zona Euro pediram 131,9 mil milhões de euros emprestados ao BCE no leilão de financiamento a três meses, um valor que ficou abaixo dos 220 mil milhões de euros estimados pelos analistas, e que acalmou os receios dos investidores e sinaliza uma maior confiança nos bancos entre si.



Hoje a maioria dos mercados recupera partes das quedas sofridas na véspera. A liderar as subidas está o índice grego, que tem sido o mais penalizado nos últimos meses pelos receios em torno das contas públicas do seu país. A bolsa de Atenas valoriza 2,95% para os 692,43 pontos. Segue-se o português PSI-20 com um avanço de 2,32% para os 7.184,70 pontos.

Em Madrid, o IBEX soma 1,83% para os 9.327,60 pontos, o londrino Footsie ganha 0,71% para os 4.949,25 pontos e o alemão DAX sobe 0,41% para os 5.976,47 pontos. Em Paris, o CAC que regista uma subida de 0,67% para os 3.456,10 pontos e o AEX ganha 0,05% para os 319,19 pontos.

O índice de referência europeu, o STOXX 600, sobe 0,32% para os 244,61 pontos.

Do outro lado do Atlântico, o desempenho é também positivo com os futuros do Nasdaq a apreciarem 0,54% e os futuros do S&P a valorizarem 0,59%, o que aponta para uma abertura em alta em Wall Street ao início da tarde.

“O tema geral para o segundo semestre do ano é que os receios do mercado estão a reverter-se lentamente. Vamos ver dinheiro a regressar aos mercados accionistas. As avaliações parecem agora baratas relativamente a Março ou Abril”, referiu Bob Parker, conselheiro do Credit Suisse, em entrevista Bloomberg Television.

Veja também:

As cotações dos principais índices
A evolução das acções das bolsas de
Espanha, França, Holanda e Alemanha



Ver comentários
Outras Notícias