Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Bruxelas acelera plano para criar agência de "rating" europeia

O comissário europeu Michel Barnier adiantou hoje que a União Europeia está trabalhar no plano para criar uma agência de notação financeira europeia para atribuir "ratings" à dívida soberana.

Negócios negocios@negocios.pt 04 de Maio de 2010 às 13:13
  • Assine já 1€/1 mês
  • 9
  • ...
O comissário europeu Michel Barnier adiantou hoje que a União Europeia está trabalhar no plano para criar uma agência de notação financeira europeia para atribuir “ratings” à dívida soberana.

“Estamos a trabalhar no plano para criar uma agência europeia”, afirmou o comissário dos serviços financeiros da UE, no Parlamento Europeu. “Precisamos de fazer uma reflexão rápida”, disse Barnier, acrescentando que “o poder destas agências é considerável, não só para os produtos financeiros, mas também para os Estados”.

As três agências de “rating” norte-americanas Moody’s, Standard & Poor’s e Fitch têm sido alvo de fortes críticas desde que atribuíram elevadas classificações a produtos financeiros que ficaram sem valor na sequência da crise do “subprime”.

Mais recentemente a S&P cortou o “rating” de Portugal em dois níveis, o de Espanha num e baixou a classificação da Grécia para “lixo”, exacerbando a crise da dívida pública europeia, o que obrigou a União Europeia acelerar o pacote de ajuda à Grécia.

Já ontem a ministra da Economia francesa, Christine Lagarde, defendeu hoje um maior controlo das agências de notação e anunciou medidas para garantir que "respeitem as regras deontológicas".

Já a chanceler Ângela Merkel defendeu a alteração dos tratados europeus para punir violações dos critérios de estabilidade, um maior combate à especulação financeira e a criação de uma agência europeia de notação, como lições a retirar da crise grega.



Ver comentários
Outras Notícias