Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Bruxelas afasta nova recessão e insiste que há sinais de recuperação

A Comissão Europeia assegurou hoje que os fundamentais económicos nos países da União mostram "sinais de recuperação" e afirmou não ver indícios de uma nova recessão.

Lusa 09 de Agosto de 2011 às 16:43
"Não acredito que possamos concluir que depois de poucos dias de sérias evoluções nos mercados que estejamos a entrar numa espécie de recessão", afirmou o porta-voz do executivo comunitário Olivier Bailly, em conferência de imprensa, citado pela agência Efe.

Para Bruxelas, "há fundamentais das economias europeias que têm de ser vistos em paralelo com os mercados bolsistas" e que mostram "sinais de recuperação, ainda que, por vezes, sejam muito limitados".

Bailly recordou que muitos países, como Espanha ou Itália, aceleraram as suas medidas de consolidação orçamental, enquanto outros adoptaram reformas estruturais "que vão contribuir para a recuperação e ajudar a Europa a sair da situação actual".

"Somos mais optimistas do que os mercados financeiros", insistiu.

A Comissão Europeia considerou ainda que é "demasiado cedo" para falar das possíveis consequências a longo prazo das turbulências dos últimos dias nos mercados bolsistas e não quis pronunciar-se sobre a decisão da Standard & Poor's de baixar a classificação da dívida dos Estados Unidos de AAA para AA+.

Bailly recordou que Bruxelas tem certas "dúvidas" sobre a influência e as análises das agências de notação financeira na Europa, pelo que apresentará propostas para a sua regulação no Outono.

O executivo comunitário negou ainda que exista uma falta de liderança na gestão europeia da crise dos mercados verificada nos últimos dias e recordou que os líderes do euro tomaram as decisões pertinentes na cimeira do passado dia 21 de Julho.

"Agora é o momento de aplicá-las", disse Bailly, que descartou a realização de uma nova cimeira europeia para discutir o tema da crise da dívida soberana, uma vez que a Comissão Europeia considera que as medidas necessárias já foram tomadas.

Ver comentários
Saber mais bolsa psi-20 acções banca
Outras Notícias
Publicidade
C•Studio