Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Bruxelas dá cinco meses à Alemanha para baixar défice orçamental

A Comissão Europeia vai avisar a Alemanha, amanhã, que tem cinco meses para tomar medidas com vista a reduzir o défice orçamental, que deverá ascender a 3,8% do produto interno bruto em 2002.

Nuno Carregueiro nc@negocios.pt 07 de Janeiro de 2003 às 12:50
  • Partilhar artigo
  • ...
A Comissão Europeia vai avisar a Alemanha, amanhã, que tem cinco meses para tomar medidas com vista a reduzir o défice orçamental, que deverá ascender a 3,8% do produto interno bruto em 2002.

Gerassimos Thomas, porta voz do Comissário Europeu Pedro Solbes, afirmou à Bloomberg que «a Comissão deverá recomendar, em linha com os regulamentos, que a Alemanha tome medidas para terminar com a situação de défice excessivo».

Depois da próxima reunião, dos ministros das Finanças da União Europeia, a decorrer a 21 de Janeiro, a Alemanha terá quatro meses para alcançar este objectivo.

A Comissão Europeia prevê que a Alemanha viole as leis do Pacto de Estabilidade e Crescimento em 2002, ao apresentar um défice orçamental de 3,8% do PIB, devido sobretudo ao abrandamento económico, que teve reflexos negativos na recolha de receitas fiscais.

Segundo as previsões do Executivo alemão a maior economia da Europa deverá registar em 2002 um crescimento de 0,5%, o mais baixo dos últimos 10 anos.

O Governo liderado por Chanceler Gerhard Schroeder já anunciou um aumento de vários impostos para 2003, com o objectivo de aumentar as receitas fiscais.

Portugal foi o primeiro país da UE a violar o PEC, ao apresentar um défice de 4,1% do PIB em 2001.

Ver comentários
Outras Notícias