Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Bruxelas prevê descida do desemprego e subida da inflação em Portugal

A taxa de desemprego em Portugal vai baixar em 2008 para 7,9% e a inflação subir para 2,8%, de acordo com as previsões hoje divulgadas pela Comissão Europeia.

Nuno Carregueiro nc@negocios.pt 28 de Abril de 2008 às 11:37
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

A taxa de desemprego em Portugal vai baixar em 2008 para 7,9% e a inflação subir para 2,8%, de acordo com as previsões hoje divulgadas pela Comissão Europeia.

A Comissão Europeia prevê que a taxa de desemprego em Portugal se situe nos 7,9% este ano e também em 2009, um valor que se situa abaixo dos 8% de 2007 e também representa uma revisão em baixa das anteriores previsões de Bruxelas.

No ano passado a Comissão previa que a taxa de desemprego em Portugal se situasse nos 8% em 2008 e 2009.

"Depois da tendência de alta registada nos anos recentes, a taxa de desemprego tem vindo a descer moderadamente desde meados de 2007", refere o relatório da Comissão Europeia sobre Portugal, acrescentando que "contra a actual perspectiva para a economia, a taxa de desemprego deverá permanecer estável em 2009".

Quanto à evolução dos preços, Bruxelas antecipa um crescimento da inflação em Portugal para 2,8% este ano, acima dos 2,4% registados em 2007. Para 2009, Bruxelas antecipa uma desaceleração da inflação para 2,3%.

Ainda assim, Portugal terá uma inflação bem inferior à da Zona Euro, que deverá ficar acima dos 3% este ano.

A confirmarem-se as previsões de Bruxelas, a inflação em Portugal este ano ficará bem acima das estimativas do Governo. O executivo de José Sócrates estimou uma inflação de 2,1% para este ano, valor que serviu de base para as negociações salariais com a função pública.

Previsões de Bruxelas para Portugal

2007 2008 2009
PIB 1,90% 1,70% 1,60%
Consumo Privado 1,50% 1,20% 1,40%
Consumo Público 0,30% 0,30% 0,50%
Investimento (FBCF) 3,20% 2,90% 1,40%
Exportações 7,10% 4,60% 4,20%
Importações 5,40% 3,30% 2,80%
Emprego 0,20% 0,70% 0,50%
Taxa Desemprego 8% 7,90% 7,90%
Inflação 2,40% 2,80% 2,30%
Défice conta corrente 9,80% 10,10% 9,40%
Défice orçamental* 2,60% 2,20% 2,60%
Dívida Pública* 63,60% 64,10% 64,30%
* em percentagem do PIB

Outras Notícias