Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Bruxelas refuta críticas do Governo sobre previsões económicas

A Comissão Europeia refutou hoje as críticas feitas pelas autoridades portuguesas aos prejuízos causados pelas previsões económicas de Bruxelas, considerando que estas são reconhecidas como sendo um instrumento útil e altamente profissional.

Lusa 02 de Dezembro de 2010 às 12:40
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
A Comissão Europeia refutou hoje as críticas feitas pelas autoridades portuguesas aos prejuízos causados pelas previsões económicas de Bruxelas, considerando que estas são reconhecidas como sendo um instrumento útil e altamente profissional.

"As previsões económicas da Comissão Europeia são reconhecidas como um instrumento útil e altamente profissional pelas principais instituições financeiras internacionais e analistas económicos", disse o porta-voz dos Assuntos Económicos e Monetários, Amadeu Altafaj Tardio, à Agência Lusa em Bruxelas.

O secretário de Estado da Administração Local, José Junqueiro, defendeu quarta-feira que devem ser pedidas responsabilidades à Comissão Europeia pelos prejuízos provocados pelas suas previsões.

"Devemos pedir responsabilidades à Comissão Europeia porque não podemos estar debaixo de fogo durante um ano, dizendo que não vamos crescer e afinal crescemos, que não vamos ter exportações e temos exportações, sempre em números três, quatro vezes superior às previsões, e no final do ano nem um pedido de desculpas", considerou.

José Junqueiro comentava aos jornalistas, em Mangualde, as previsões da Comissão Europeia divulgadas na segunda-feira, que estimam que Portugal cresça 1,3% este ano e entre em recessão em 2011, com uma contracção de 1%.

Para o secretário de Estado, tratam-se de "previsões analfabetas e incompetentes e que prejudicam o país".

"E pergunto sempre quem é que vai ressarcir o país desses prejuízos, porque as agências de 'rating' e o sistema financeiro internacional é com base nestes números que fazem as suas ações", frisou.

Ver comentários
Mais lidas
Outras Notícias