Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Candidato do PS suspeito de homicídio em Ermelo entrega-se às autoridades

O candidato do PS à Freguesia de Ermelo, Mondim de Basto, suspeito de ter assassinado o marido da adversária do PSD entregou-se voluntariamente às autoridades, informou hoje à agência Lusa fonte ligada ao processo.

Negócios com Lusa 14 de Outubro de 2009 às 08:04
  • Partilhar artigo
  • 1
  • ...
O candidato do PS à Freguesia de Ermelo, Mondim de Basto, suspeito de ter assassinado o marido da adversária do PSD entregou-se voluntariamente às autoridades, informou hoje à agência Lusa fonte ligada ao processo.

O suspeito será presente hoje a tribunal, adiantou a mesma fonte.

Pouco passava das 07:00 de domingo quando o candidato socialista António Cunha se dirigiu à mesa de voto de Fervença, Freguesia de Ermelo, e, segundo a GNR, disparou um tiro de caçadeira que atingiu mortalmente a vítima na cabeça.

A vítima, Maxissimo Clemente, tinha 57 anos, era marido da presidente da Junta de Freguesia de Ermelo, a social-democrata Glória Nunes, e integrava também a lista do PSD à Assembleia Municipal de Mondim de Basto.

Face ao incidente, as eleições foram adiadas para o próximo domingo.

O PS desistiu da candidatura à Assembleia de Freguesia de Ermelo, ao passo que, de acordo com fonte do PSD, Glória Nunes mantém a sua recandidatura.

Ver comentários
Outras Notícias