Economia Jovens desempregados podem candidatar-se a apoios ao empreendedorismo a partir de quarta-feira

Jovens desempregados podem candidatar-se a apoios ao empreendedorismo a partir de quarta-feira

As candidaturas ao Investe Jovem, que ajuda a financiar a criação de novas empresas por jovens desempregados entre os 18 e os 30 anos, abrem esta quarta-feira. Governo quer abranger 400 novas empresas em 2015.
Jovens desempregados podem candidatar-se a apoios ao empreendedorismo a partir de quarta-feira
Bruno Simão/Negócios
Catarina Almeida Pereira 20 de janeiro de 2015 às 18:32

Abrem esta quarta-feira, dia 21 de Janeiro, as candidaturas para o programa Investe Jovem, através do qual são financiados novos projectos empresariais apresentados por jovens desempregados que cumpram as condições definidas.

 

A informação foi prestada pelo Instituto de Emprego e Formação Profissional (IEFP) num comunicado onde revela que o objectivo do Governo é apoiar em 2015 "um total de 400 novas iniciativas empresariais promovidas por jovens, estimando-se que as mesmas sejam responsáveis pela criação de, aproximadamente, 1.000 postos de trabalho, dos quais cerca de 800 para os próprios promotores".

 

O programa, que se destina a jovens com idade igual ou superior a 18 anos e inferior a 30, que estejam inscritos como desempregados no IEFP, tem como objectivo a apoiar a criação de empresas por jovens desempregados, através de um apoio financeiro ao investimento, de um subsídio à criação do emprego dos promotores e de ajuda técnica.

 

São elegíveis investimentos entre os 1048,5 euros e os 41.912 euros que não incluam a compra do capital social de uma empresa existente.

 

O apoio financeiro, de até 75% do investimento total elegível, é atribuído sob a forma de empréstimos sem juros, amortizável no prazo de 54 meses, com períodos de diferimento e reembolso que variam consoante o montante do investimento.

 

As condições específicas do programa podem ser consultadas aqui.




pub

Marketing Automation certified by E-GOI