Mundo Casa Branca recusa-se a participar em investigação para destituição de Trump

Casa Branca recusa-se a participar em investigação para destituição de Trump

A sede oficial do poder executivo nos EUA afirma que não tem legitimidade num eventual processo de destituição do presidente norte-americano, Donald Trump.
Casa Branca recusa-se a participar em investigação para destituição de Trump
Reuters
Lusa 08 de outubro de 2019 às 23:59

A Casa Branca informou esta quarta-feira o Congresso que se recusa a participar no inquérito em curso para um eventual processo de destituição do Presidente norte-americano, o republicano Donald Trump, alegando que não tem legitimidade.

"Como não tem fundamento constitucional legítimo ou a menor aparência de imparcialidade (…), o poder executivo não pode ser obrigado a participar", escreveu Pat Cipollone, advogado e conselheiro da Casa Branca, numa carta enviada à presidente democrata da Câmara dos Representantes.

A decisão de avançar para uma destituição do chefe de estado norte-americano surgiu depois de um denunciante ter relatado que Trump usou financiamento de auxílio no valor de 400 milhões de dólares para condicionar Volodymyr Zelenskiy, presidente da Ucrânia, a investigar Joe Biden. Trump pediu que o seu rival político e o filho, Hunter, que trabalhava para uma energética ucraniana, fossem investigados. 




Saber mais e Alertas
pub

Marketing Automation certified by E-GOI