Política Catarina Martins dá um mês ao Governo para abrir concursos de vinculação de precários

Catarina Martins dá um mês ao Governo para abrir concursos de vinculação de precários

A coordenadora do Bloco de Esquerda disse esta segunda-feira que o Governo tem até final de Março para lançar os concursos em atraso para vinculação de precários à administração pública e avisou que os dirigentes "têm de obedecer à lei".
Catarina Martins dá um mês ao Governo para abrir concursos de vinculação de precários
Lusa
Lusa 26 de fevereiro de 2018 às 22:52

Num jantar nas Caldas da Rainha, no âmbito das jornadas parlamentares do BE, Catarina Martins considerou que o processo de regularização dos precários "está a ser muito lento" e recordou que este é um "ponto central" nas "responsabilidades colectivas" assumidas no acordo entre BE e PS.

 

"O mês de Março não pode acabar sem o lançamento dos concursos para a vinculação dos precários à administração pública", avisou, sublinhando que, de acordo com a lei, já deveria ter acontecido até meados de Fevereiro.

 

Segundo a coordenadora do BE, há dirigentes da administração pública "que estão a boicotar o processo de regularização" nas comissões tripartidas ao dizer, por exemplo, que alguns trabalhadores não correspondem a necessidades permanentes, quando na realidade correspondem. "O Governo tem de ser claro: a lei é o que vale e os dirigentes têm de obedecer à lei e regularizar os precários da Administração Pública", sublinhou.

 

Para Catarina Martins, "é preciso garantir que nenhum trabalhador é despedido até ao processo acabar" e "que todas as necessidades permanentes sejam consideradas como tal e que não haja boicote à regularização de precários".




A sua opinião3
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
comentar
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentários mais recentes
Mr.Tuga 27.02.2018

yes sir!

PATETICOS!

pertinaz 27.02.2018

ESTA SENHORA OBEDECE AO PS E CALA-SE...!!!

QUAL MÊS QUAL CARAPUÇA...

Anónimo 26.02.2018

Quantos meses ou anos mais são necessários para que os funcionários públicos recebam o ordenado cortado pelo Governo de Passos Coelho?

pub