Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Catarina Martins: “O país não pode continuar numa situação de ingovernabilidade”

A porta-voz do Bloco de Esquerda foi a Belém dizer que o Presidente da República deve indigitar o mais rápido possível António Costa como primeiro-ministro e pediu que se deixe de discutir “fantasmas”.

Nuno Aguiar naguiar@negocios.pt 20 de Novembro de 2015 às 12:15
  • Assine já 1€/1 mês
  • 4
  • ...

"O Bloco de Esquerda acha que esta situação não é justificável e António Costa deve ser indigitado o mais rápido possível", sublinhou Catarina Martins à saída da reunião com Cavaco Silva. "Cabendo ao Presidente da República dar posse ao primeiro-ministro, achamos que não se deve perder mais tempo. O país não pode continuar numa situação de ingovernabilidade."

Questionada sobre as fragilidades do acordo entre o PS e as forças à sua esquerda, a líder bloquista procurou esclarecer que o que existe é um acordo credível, que inclui "balizas políticas". "As garantias existem. É um acordo estável de horizonte de legislatura", acrescentou. "As balizas de política económica e social vão balizar esse acordo ao longo de toda a legislatura."

Sobre a estabilidade do acordo, Catarina Martins referiu que "é bom que comecemos a discutir o que existe e não fantasmas que não existem". "PSD e CDS tinham um acordo formal e tiveram uma crise."

Quanto à possível decisão de Cavaco Silva, a porta-voz do BE não revelou muito, mas adiantou que "a reunião reiterou em boa medida as posições que já foram conhecidas".

Ver comentários
Saber mais Bloco de Esquerda Catarina Martins Presidente da República Cavaco Silva António Costa PS
Outras Notícias