Política Cavaco espera que Costa lhe dê "boas notícias" na reunião semanal

Cavaco espera que Costa lhe dê "boas notícias" na reunião semanal

Esta quinta-feira, há reunião entre o Presidente da República e o primeiro-ministro. Não se sabe a agenda, mas Cavaco Silva falou do encontro quando foi questionado sobre as negociações entre Bruxelas e Lisboa relativamente ao OE.
Cavaco espera que Costa lhe dê "boas notícias" na reunião semanal
Miguel Baltazar
Diogo Cavaleiro 03 de fevereiro de 2016 às 18:38

Aníbal Cavaco Silva reúne-se esta quinta-feira, 4 de Fevereiro, com António Costa e, numa altura de várias notícias sobre as negociações em torno do Orçamento do Estado para 2016 entre Governo e Comissão Europeia, espera que o primeiro-ministro chegue ao Palácio de Belém com boas indicações.

 

"Espero que traga boas notícias", disse o ainda Presidente da República, em declarações aos jornalistas, transmitidas pelos canais de televisão, no âmbito de uma visita de Cavaco Silva ao concelho de Rio Maior.

 

Mas mais Cavaco Silva não quis dizer. "Entendo que não devo pronunciar-me em público sobre a negociação que está a ser feita pelo Governo", considerou, acrescentando que não fará declarações públicas sobre o que vai discutir na reunião que terá com António Costa – um encontro que acontece semanalmente à quinta-feira e que a 4 de Fevereiro se vai repetir. 

 

Nas suas declarações, Cavaco Silva voltou a reiterar que "Portugal depende muito do estrangeiro", falando sobre a necessidade de manter a sua credibilidade e imagem, de forma a conseguir aumentar as exportações - uma ideia que tem deixado sempre nas últimas declarações. 

Esta quarta-feira, várias têm sido as notícias em torno do Orçamento do Estado para 2016 e as negociações para a sua aprovação entre o Governo e a Comissão Europeia. O Executivo de António Costa tem dado sinais de optimismo na aprovação do documento por parte de Bruxelas mas o braço executivo da União Europeia não responde na mesma moeda, falando ainda em diferenças "significativas". Entretanto, esta quarta-feira foi dia de conversas entre o ministro das Finanças, Mário Centeno, e os partidos sobre a proposta. 

 




pub

Marketing Automation certified by E-GOI